Investidores com mais de 1.000 BTC voltam a apontar novo rali do Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Comportamento de grandes investidores volta a indicar rali próximo

  • Baixo movimento em exchanges em meio a alta de preço é sinal de otimismo

  • Baleias detêm na ordem de 5 milhões de Bitcoin

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O mercado espera ansioso por um novo rali do Bitcoin. Enquanto diversos analistas concordam que ele está a caminho, quem possui mais de 1.000 BTC acaba de mostrar um novo sinal de otimismo.



O comportamento das chamadas baleias são um importante fator na análise do Bitcoin. Dependendo do seu movimento, especialistas projetam o que se espera para o preço do ativo no futuro.

O Bitcoin engatou uma nova subida de 1,9% nas últimas 24 horas. Apesar de ter perdido dominância no mercado como um todo, o preço volta para o patamar de US$ 11.700.



Ainda assim, dados da blockchain indicam que os grandes investidores não estão dispostos a vender seus ativos por esse valor.

Segundo analista @cryptoSqueeze, o saldo de Bitcoin nas exchanges vem caindo constantemente. Segundo ele, quando isso ocorre em meio a uma alta de preço, um novo rali está a caminho.

O saldo de BTC nas exchanges caiu amplamente enquanto o preço subia. Historicamente, isso aconteceu duas vezes e é uma indicação de que ainda estamos na fase inicial de um mercado altista. Os grandes investidores não estão prontos para despejar [Bitcoin] por esse preço.

Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

Baleias têm 5 milhões de Bitcoin

O comportamento dos grandes investidores é chave pois eles têm capacidade de mudar o mercado. Estima-se que esse tipo de comprador adquira milhares de BTC todos os meses. O objetivo, é claro, é lucrar mais na frente com uma subida forte da moeda.

Segundo a empresa de análise de dados Glassnode, baleias detêm na ordem de 5 milhões de BTC, o equivalente a bilhões de dólares. Além disso, não é a primeira vez que elas mostram esse comportamento.

Há analistas que acreditam em uma queda acentuada, mas a maioria vem apostando na subida. Especialistas vêm indicando que o BTC mostra sinais claros de que ruma para uma nova máxima.

Mas, antes disso acontecer, é possível que outras criptomoedas disparem primeiro. Como o próprio @cryptoSqueeze fala, o mercado aponta para uma subida de altcoins.

Uma das evidências é a perda de dominância do Bitcoin. Após mais de um ano, o valor de mercado do BTC caiu para menos de 60% do total.

Acesse o grupo de sinais gratuito do BIC e concorra

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá