Bitcoin, Ripple e diversas outras criptomoedas já podem ser usadas para adquirir imóveis no Brasil. A novidade é fruto de uma parceria iniciada nesta terça-feira (15) entre a incorporadora Vitacon e a Mercado Bitcoin. As informações são do Valor.

Pelo acordo, clientes que adquirem imóveis para investimento junto à Vitacon podem pagar uma parte ou a totalidade do contrato usando criptomoedas. Para isso, o usuário precisa ter ativos digitais custodiados pela Mercado Bitcoin, responsável por intermediar o processo totalmente online.

Qualquer criptomoeda negociada pela exchange poderá ser usada na transação. Ao BeInCrypto, a exchange explica que a conversão em reais irá considerar a data do pagamento de fato, e não o dia da visita à unidade ou a da assinatura de proposta. Dessa maneira, a corretora não estará exposta à oscilação do mercado.

A Vitacon é uma incorporadora especializada em investimento imobiliário. Dessa maneira, a parceria abre portas para que o setor seja explorado também por quem tem Bitcoin, mas prefere não investir diretamente em um fundo cripto.

Como comprar Bitcoin e entrar no grupo de sinais gratuito do BeInCrypto

Esse seria o caso, por exemplo, do token ReitBZ do BTG Pactual. O criptoativo é utilizado para investir digitalmente em cotas de imóveis inadimplentes recuperados em leilões, reformados e vendidos. Em julho, o banco pagou US$ 87.569,20 em dividendos aos donos dos tokens.

No caso da Vitacon, o investimento é diretamente no imóvel. A incorporadora decora, compra mobília e coloca o imóvel para alugar na plataforma Housi. Os apartamentos têm vários tipos de plantas e estão localizados em diversos bairros de São Paulo.

A Mercado Bitcoin poderá também intermediar parcelamentos em criptomoedas. A única exigência é que a cotação seja “sempre a do dia do pagamento”. Segundo a corretora, outras parcerias desse tipo estão nos planos para o futuro.