Libra do Facebook ameaça moedas soberanas e propõe supervisão, afirma relatório do BIS

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Um novo documento do BIS propõe uma nova estrutura de supervisão de stablecoins

  • O artigo cita a Libra, stablecoin do Facebook, como uma ameaça existencial às moedas fiduciárias soberanas

  • Sugere ainda que a adoção do CBDC oferece o melhor resultado possível para esse problema

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Um novo relatório publicado pelo Banco de Compensações Internacionais (BIS) sugeriu a criação de uma capacidade de “supervisão incorporada” dentro de estruturas das stablecoins para o benefício dos reguladores.



O artigo, publicado nesta terça-feira (24), cita o potencial da Libra, stablecoin do Facebook, se tornar uma moeda global de fato. Conforme o relatório, isso é uma evidência de que os reguladores devem aceitar a inevitável adoção de stablecoins e encontrar novas maneiras de desempenhar suas funções.

Resistir a stablecoin é inútil 

Escrito por Douglas Arner, Raphael Auer e Jon Frost, o artigo busca a supervisão efetiva das stablecoins privadas, que atualmente não são regulamentadas. 

De acordo com os autores, por enquanto, ainda não surgiu nenhuma stablecoin ou criptomoeda que seja uma concorrente viável da moeda fiduciária tradicional. No entanto, eles indicam que a Libra do Facebook pode, um dia, ameaçar de fato o dinheiro fiduciário soberano.

Conforme um trecho do relatório diz:

“A Libra ainda ameaça a substituição de moeda, ou seja, os clientes podem usar Libra como uma alternativa à moeda soberana em uma determinada jurisdição, especialmente aquelas fora das principais áreas monetárias com stablecoins da Libra estabelecidas.”

Monitoramento integrado

Uma maneira de contornar esse problema real, conforme o BIS, é criar uma supervisão incorporada dentro das estruturas dessas stablecoins existentes. Dessa maneira, a ideia é garantir a integridade do mercado, a proteção ao investidor e consumidor.

Uma explicação do relatório diz:

“Embora muitas empresas DLT não tenham necessariamente se concentrado nesta união de tecnologia, regulamentação e supervisão, isso já está sendo visto em alguns contextos. O fornecimento automatizado de informações por certas plataformas de pagamentos digitais de grande valor, como a Alipay e WeChat Pay na China, por exemplo.”

Proposta de supervisão do relatório do BIS

O artigo prossegue sugerindo que as Moedas Digitais do Banco Central (CBDCs) podem potencialmente resolver o problema de vigilância de forma mais elegante. Isso porque serão os bancos centrais que farão a emissão das moedas digitais. Dessa forma, eles não estão “sujeitos a conflitos de interesse em torno do mecanismo de garantia e estabilização de ativos”.

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

I first got into crypto at the University of Hull in 2010 when my friend Jacky and I ironically bought a few bitcoin thinking of it as some kind of internet-joke-thing. We both got rid of it soon after, but while I totally forgot about it and focused on building a career in television, he kept an eye on the crypto scene and a few years later back home in Hong Kong, he made a small fortune investing in Ethereum. That showed me! These days in addition to my writing and television career, I am now a busy crypto advocate because I believe cryptocurrencies and blockchain technology are a key driver of Nigeria's technological transformation, contributing in no small measure to Africa's unique leapfrogging phenomenon. <a href="mailto:editorinchief@beincrypto.com">Email me!</a>

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá