Libra do Facebook é uma Ameaça ao Real Segundo Deputado da “CPI das Pirâmides Financeiras”

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Representante da rede social é convidado para a audiência pública sobre criptomoedas.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A criptomoeda Libra do Facebook é uma ameaça a moedas nacionais. Segundo a afirmação do deputado federal que criou a “CPI das Pirâmides Financeiras”, o projeto de Mark Zuckerberg apresenta riscos ao real brasileiro.



A Libra do Facebook deverá ser lançada oficialmente em 2020. Em entrevista divulgada pelo portal de notícias da Câmara, Aureo Ribeiro (Solidariedade – RJ) comentou sobre a stablecoin.

O parlamentar citou a criação da rede social ao falar sobre a Comissão Especial que discute uma regulação para as criptomoedas no Brasil.



Libra do Facebook e o risco para o real brasileiro

A Libra do Facebook representa um risco para o real brasileiro de acordo com Aureo Ribeiro. Sem mencionar especificamente a moeda fiduciária do Brasil, o parlamentar fez um comentário sobre o lançamento da Libra e as consequências para o mercado financeiro mundial.

Para o deputado federal, a Libra vai ultrapassar “os limites do mercado financeiro”. Em entrevista ao portal da Câmara, Aureo narra crimes que devem ganhar destaque com o uso da Libra no mundo todo.

O deputado federal explica que sem uma regulação para o setor, crimes poderão ser cometidos através do uso de criptomoedas como a Libra. A ideia é trazer obrigações também para o projeto da rede social criada por Mark Zuckerberg.

Pode trazer graves consequências à privacidade, ao combate à lavagem de dinheiro, à proteção aos consumidores, à estabilidade financeira e, até mesmo, à segurança nacional.”

Facebook é convidado para audiência pública

Representantes do Facebook foram convidados para a próxima audiência pública sobre a regulação das criptomoedas no Brasil. O convite é feito pela Comissão Especial de parlamentares, com reunião prevista para a próxima quarta-feira (27).

A presença de algum representante da rede social ainda não foi confirmada para a audiência pública. Além de representantes do Facebook, foram convidados para o mesmo evento pessoas ligadas a várias empresas de tecnologia, como:

Além disso, a audiência pública deverá contar com a participação de especialistas em diversas áreas, como direito, economia e tecnologia. Representantes de ministérios do governo federal também compõem a lista de convidados para a audiência pública sobre a regulação de criptomoedas.

Deputados convidam representante do Grupo Bitcoin Banco

Um representante do Grupo Bitcoin Banco também é convidado para a audiência pública. Outro convidado para a reunião com relação direta ao mercado de criptomoedas é a Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto).

Em 2019 começaram os trabalhos da Comissão Especial que trata da PL 2303/15. Com a eleição de novos deputados federais, o trabalho foi retomado depois de discussões inconclusivas em 2015.

Com a discussão semanal da pauta sobre moedas digitais, especialistas e parlamentares discutem os caminhos para a aprovação de uma regulação para o setor.

Através da comissão o deputado federal Aureo Ribeiro apresentou a “CPI das Pirâmides Financeiras”. O parlamentar recolheu assinaturas suficientes para instalar a investigação contra fraudes envolvendo empresas que operam com criptomoedas no país.

O documento foi entregue ao Presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Em breve uma investigação deverá acontecer, relacionando possíveis crimes de empresas apontadas como “pirâmides financeiras”.

Enquanto isso, o projeto Libra não é tratado somente como uma ameaça pelo Brasil. Outros países como os Estados Unidos e a França, por exemplo, já demonstraram grande preocupação com a criptomoeda do Facebook.

O que você acha da rede social lançar sua própria criptomoeda? Comente sobre o projeto e compartilhe esta notícia no Facebook.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá