Lideradas Pelo Bitcoin, Criptomoedas Capitalizam U$ 35 Bilhões em 24 Horas

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin teve enorme valorização em 29 de abril

  • Criptomoeda chegou a um patamar próximo dos U$ 9.500 antes de se estabilizar em U$ 8.800,00

  • Política monetária dos Bancos Centrais e Halving do Bitcoin são indicados como os principais motivos

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Movido pelo disparo recente no valor do Bitcoin, o mercado de criptomoedas acumulou U$ 35 bilhões em apenas um dia. Os motivos que rondam esse aumento extraordinário são diversos, e vão desde a expectativa para o Halving do Bitcoin até a política monetária dos Bancos Centrais.



O cenário de crise provocado pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19) parece não afetar o mercado de criptomoedas.

Isso porque, em apenas 24 horas, esse setor acumulou uma capitalização de U$ 35 bilhões, puxado pela alta no valor do Bitcoin.



Há diversos motivos que explicam o fenômeno: entre os principais, estão a política monetária dos Bancos Centrais e o próximo halving do Bitcoin, que ocorrerá no meio de maio.

Capitalização do Mercado De Criptomoedas

Conforme se observa no gráfico, o Bitcoin obteve um excelente desempenho no dia 29 de abril.

Somado às outras criptomoedas que performaram positivamente, o Bitcoin liderou a capitalização do mercado das criptos.

Segundo os dados do CoinMarketCap, o  market cap das criptomoedas saltou U$ 35 bilhões em um único dia.

No caso, o preço do Bitcoin saltou de aproximadamente U$ 7.700,00 para mais de 8.800,00.

Nesse ínterim, houve um pico de U$ 9.300,00 no preço que não se manteve posteriormente.

Assim, as principais criptomoedas com melhor desempenho recente são:

De forma interessante, diversas outras moedas importantes, como a Ripple (XRP), Tether (USDT) e Litecoin (LTC) sofreram queda no valor do câmbio.

Como principais motivos da subida de mercado, são considerados o próximo halving do Bitcoin e a política de injeção de liquidez do FED e demais Bancos Centrais

Próximo Halving do Bitcoin

O próximo halving do Bitcoin está previsto para ocorrer em 12 de maio de 2020.

Nesse momento, a recompensa dos mineradores de Bitcoin será cortada pela metade.

Atualmente, a mineração de um bloco de Bitcoin gera 12,5 BTC. Porém, após o halving, será de “apenas” 6,25 BTC.

Os halvings fazem parte do protocolo do Blockchain, que é a tecnologia na qual o Bitcoin é baseado.

Historicamente, nos dois halvings anteriores, houve valorização no valor do Bitcoin.

Porém, desta vez o cenário é um pouco imprevisível, já que a crise do COVID-19 pode influenciar no evento.

Outra preocupação de alguns investidores é a possibilidade de o halving já estar precificado.

Política Monetária do FED e demais Bancos Centrais

O BACEN, o FED e os demais Bancos Centrais têm mantido uma política de injeção de liquidez na economia.

Com isso, há mais crédito disponível no mercado, o que acaba influenciando no preço dos ativos tradicionais e dos criptoativos.

No caso, há mais dinheiro para investir, embora as consequências de médio e longo prazo dessa modalidade de política monetária sejam controversas.

De todo modo, o Bitcoin e as demais criptomoedas têm se aproveitado do momento positivo e capitalizado consideravelmente.

Para manter-se informado, tendo a sua disposição conteúdo constante e de qualidade, não deixe de acompanhar nosso site. Aproveite e faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá