Maioria pensa em deixar rede Ethereum, diz criador da Cardano (ADA)

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O líder da Cardano (ADA) Hoskinson afirmou que projeto é melhor que Ethereum (ETH).

  • Hoskinson disse que maioria dos projetos pensa em até deixar a rede Ethereum.

  • Cardano lançará suporte a smart contracts ainda em 2021.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O fundador da Cardano (ADA), Charles Hoskinson, postou um vídeo recentemente em sua conta pessoal no YouTube em que comenta as diferenças entre Ethereum e Cardano.

Patrocinados



Patrocinados

Hoskinson explica que o projeto que fundou está em uma posição muito melhor do que a Ethereum em termos de segurança, economia de energia e taxas de transação.

A Cardano, que sobreviveu à crise dos mercados impulsionada por Elon Musk e até atingiu uma nova máxima, passa por um forte momento de atração de investidores. A ADA caiu para US$ 1 em 24 de abril e, desde então, começou uma alta imparável.

Patrocinados



Patrocinados

O desempenho da Cardano é senelhante ao da ascensão do ETH, que começou em abril e durou até a queda recente dos preços em meio a acusações de manipulação por Musk.

Os gráficos de alta de ambas as criptomoedas são parecidos, com ambas dobrando de valor desde 24 de abril. Ethereum e Cardano são atualmente a segunda e a quarta maiores criptomoedas por valor de mercado.

O chefe da Cardano, Hoskinson, no entanto, afirma que A ada tem uma rede de blockchain muito mais sofisticada que a rival.

“Começamos a servir bilhões de pessoas”

Hoskinson, CEO da Input Output (IOHK) empresa por trás da Cardano, iniciou o vídeo falando sobre novidades da Cardano Society e seus projetos, dizendo que o bilionário americano Mark Cuban lhe havia comentado sobre o projeto.

O executivo destacou que a Cardano não é um projeto de curto prazo e atacou especificamente a Ethereum, da qual também é cocriador. Ele mencionou, por exemplo, algumas do que seriam as diferenças fundamentais entre os dois projetos e disparou que a Ethereum não é confiável o suficiente para projetos DeFi e que está muito atrás da Cardano em sustentabilidade e escala.

“Estamos realizando um trabalho de pesquisa e desenvolvimento para um ecossistema que pode atender bilhões de pessoas. Outros projetos lutam para trazer até um milhão de pessoas”, disse Hoskinson.

Segundo ele, projetos do ecossistema DeFi que querem atender dois bilhões de pessoas devem oferecer taxas de transação factíveis.

“É por isso que abordamos contratos inteligentes e outros softwares que deveriam ser incluídos no ecossistema de uma forma acadêmica. É um processo interdisciplinar. Nesse processo, é necessário fazer pesquisa de software, econômica e social. Nós estamos finalmente chegando perto disso”, diz.

Hoskinson aponta falhas na Ethereum 2.0

A Ethereum planeja deixar a mineração de lado breve com a Erhereum 2.0, adotando um modelo de aprovação de transações baseado em Prova de Participação (Proof of Stake), algo que a Cardano vem usando há muito tempo e que consome muito menos energia. De acordo com Hoskinson, no entanto, os esforços da Ethereum ainda não foram bem-sucedidos.

“Os aplicativos descentralizados na rede Ethereum perderam bilhões de dólares em ativos para os hackers porque os contratos inteligentes nesta rede não eram seguros o suficiente. E também não é sustentável, [por causa] da previsão de custos, das altas taxas que as aplicações têm. Exigir uma taxa US$ 900 para enviar US$ 10 não é razoável”.

O matemático que fundou a Cardano também diz que a Ethereum não consegue se beneficiar do conhecimento da maioria dos desenvolvedores do mundo, já que não aceita códigos de programação conhecidos criados há muitos anos.

“Nenhum desenvolvedor deseja usar uma linguagem que acabou de aprender ao preparar projetos de trilhões de dólares. A grande maioria dos 50-100 principais softwares da rede Ethereum pensa em suportar diferentes blockchains está considerando deixar a rede da Ethereum.”

O criador da Cardano também mencionou o calendário para a atualização que irá finalmente trazer suporte para contratos inteligentes à plataforma. A previsão é que a novidade esteja concluída no segundo semestre de 2021.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

A opinião da equipe BeInCrypto em uma única voz.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora