Mais de 43.000 Bitcoins deixam exchanges em maior queda diária desde 2017

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Nesta quinta-feira, mais bitcoins deixaram exchanges em um único dia do que em qualquer outro período de 24 horas desde 2017.

  • Os detentores retiraram cerca de 43.000 BTC em apenas 24 horas.

  • Uma causa provável das retiradas é a proposta de regulação nos EUA que tentam restringir as carteiras auto-custodiadas.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Detentores de mais de 43.000 BTC retiraram seus bitcoins de exchanges em 10 de dezembro. A queda marca a maior saída de BTC de exchanges desde 24 de agosto de 2017.



A retirada dos bitcoins das exchanges pode indicar que um número maior de investidores está planejando segurar o seu ativo a longo prazo. No entanto, também pode estar relacionado a murmúrios regulatórios recentes vindos dos Estados Unidos.

Saldos de Bitcoin em queda nas exchanges 

Quinta-feira (10) registrou o maior número de BTC deixando exchanges do que em qualquer outro período de 24 horas desde 2017.



Mais de 43.000 BTC (cerca de US$ 766 milhões na cotação de hoje) deixaram as plataformas de negociação. Como percentual do saldo total das exchanges, a queda representa uma diminuição de cerca de 1,81%.

Em termos de balanço das exchanges, mais Bitcoin foi retirado ontem do que em qualquer outro dia desde agosto de 2017. Durante aquele período, os usuários de exchanges retiraram cerca de 50.000 BTC (que valiam na época cerca de US$ 135 milhões) em um único dia.

Os dados, citados pela Arcane Research, vêm da Glassnode. Porém, foi removido depois que a Arcane Research confirmou que a queda nos saldos BTC foi devido a “movimentos internos da Binance”.

Anteriormente, o êxodo das plataformas precedeu a divisão da cadeia Bitcoin/Bitcoin Cash. Durante o hark fork, todos os endereços na rede recebe todas as novas moedas criadas como resultado da divisão.

Com um hark fork iminente e muitas exchanges incertas sobre se iriam ou não creditar os usuários com as moedas recém-criadas, muitos holders optaram por retirar seu BTC das plataformas e transferi-los para carteiras auto-custodiadas.

No entanto, desta vez não há uma hark fork iminente para a rede Bitcoin. O movimento recente aponta para um motivo totalmente diferente por trás das retiradas em massa.

Mudando para mãos mais fortes ou secretas?

Alguns motivos diferentes podem estar impulsionando as retiradas generalizadas do BTC vistas na quinta-feira.

Embora não haja um hard fork iminente, a recente queda no preço do bitcoin pode ter feito especuladores de curto prazo e mais casuais, venderem suas criptomoedas para detentores mais comprometidos. Isso parece plausível, especialmente devido aos recentes desenvolvimentos de alta no setor.

Outra interpretação poderia ser que um número cada vez maior de investidores está querendo explorar o potencial passivo de geração de renda no DeFi. Projetos como Wrapped Bitcoin (wBTC) permitem que o BTC seja representado como tokens no Ethereum para interagir com os protocolos DeFi.

No entanto, de acordo com o ‘BTC on Ethereum’, um site que rastreia o número de tokens ERC-20 que representam o BTC, não há nenhum aumento repentino no número de wBTC ou projetos semelhantes. Na verdade, o número de tokens BTC no Ethereum tem caído desde seu pico em meados de novembro.

Uma explicação mais provável refere-se a possíveis regulamentações das criptomoedas que estão em discussão nos EUA. As retiradas de quinta-feira seguem uma escalada de preocupações sobre regulamentações propostas que podem obrigar exchanges a impor verificações KYC para todos os usuários que tentam transferir criptomoedas para carteiras auto-custodiadas.

Figuras importantes da indústria, como por exemplo o CEO da Coinbase, Brian Armstrong,  criticaram a ideia, argumentando que tais políticas sufocariam o potencial inovador das criptomoedas

Da mesma forma, em 9 de dezembro, membros do Congresso escreveram ao Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, expressando suas opiniões sobre os regulamentos propostos.

Com o crescimento da preocupação, parece altamente provável que muitos usuários que mantêm seus bitcoins nas exchanges estejam retirando antes que quaisquer mudanças regulatórias realmente sejam implementadas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

A former professional gambler, Rick first found Bitcoin in 2013 whilst researching alternative payment methods to use at online casinos. Having concluded that the root of most of the world’s evils stem from a toxic financial system during his time reading International Politics at university, the disruptive potential of a decentralised, borderless asset was immediately clear. After transitioning to writing full-time in 2016, Rick was able to put his passion for Bitcoin to work for him professionally. He has since written for a number of digital asset publications in a variety of capacities.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá