Michael Jordan e outras estrelas da NBA aderem ao NFT e investem R$ 1,76 bilhão

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O astro do basquete Michael Jordan se tornou investidor do mercado de NFTs.

  • Jordan e outras estrelas somaram nos US$ 305 milhões de investimento em criadores do NBA Top Shot.

  • Plataforma é a mais rentável do mundo dos NFTs.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O ex-jogador e astro da NBA Michael Jordan é o novo nome a aderir ao boom dos tokens não-fungíveis (NFT) – ao menos como investidor.



Junto com outras estrelas da NBA, Jordan é um dos que participaram de uma nova rodada de investimentos na Dapper Labs, empresa especializada em games e blockchain criadora do NBA Top Shot, primeiro grande sucesso no segmento de NFTs.

Kevin Durant, Alex Caruso, Klay Thompson e Andre Iguodala são outros jogadores da liga americana de basquete que também aderiram à aposta, ao lado de vários outros atletas profissionais das ligas de beisebol MLB e de futebol americano NFL, além do ator Ashton Kutcher



Liderada pela firma de investimentos Coatue, a rodada levantou US$ 305 milhões (R$ 1,76 bilhão) para a criadora do NBA Top Shot, que agora é avaliada em US$ 2,6 bilhões (R$ 15 bilhões).

NBA Top Shot já vendeu R$ 1,2 bilhão em NFTs

NBA Top Shot já vendeu US$ 467 milhões em NFTs

O NBA Top Shot é uma plataforma da liga de basquete dos EUA que comercializa vídeos exclusivos de lances de partidas em formato NFT. Apenas em fevereiro, a plataforma comercializou US$ 146 milhões (R$ 845 milhões) em tokens não-fungíveis.

Já em março, o valor já salta para mais de US$ 208 milhões (R$ 1,2 bilhão), segundo o agregador CryptoSlam. Os valores de cada vídeo variam, com os itens mais raros podendo até passar de US$ 100 mil (R$ 575 mil)

Os números fazem do NBA Top Shot, de longe, o negócio mais rentável de NFTs do mundo. Até hoje, o faturamento é de quase US$ 467 milhões (R$ 2,7 bilhões). Em segundo vem o CryptoPunks, que captou US$ 185,8 milhões (R$ 1,07 bilhão), ou seja, quase um terço do primeiro colocado.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá