MicroStrategy vai vender US$ 1 bi em ações para comprar mais Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A Microstrategy vai vender US$ 1 bilhão em ações para comprar Bitcoin.

  • Anteriormente, a empresa vendeu US$ 500 milhões em notas garantidas para comprar cerca de 11.900 BTC.

  • O CEO Michael Saylor participará da reunião do Conselho de Mineradores de Bitcoin.

  • promo

    Lançamento de BIT: Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A MicroStrategy venderá até US$ 1 bilhão em ações para comprar mais bitcoins, de acordo com um formulário publicado na última segunda-feira (14).

Patrocinados



Patrocinados

A MicroStrategy, em seu mais recente movimento de sinalização de apoio ao Bitcoin, venderá até US$ 1 bilhão de suas ações para comprar o ativo. A empresa publicou um formulário da SEC relacionado ontem. O CEO Michel Saylor, agora um dos mais fortes defensores do Bitcoin, também revelou a novidade no Twitter.

A empresa tem dobrado consistentemente sua aposta no Bitcoin, e já teve um retorno considerável sobre o investimento em suas compras de BTC com o rali dos primeiros meses de 2021. Claramente, a empresa e seu principal nome estão apostando que a criptomoeda vai subir ainda mais no futuro.

Patrocinados



Patrocinados

Saylor vem cumprindo sua palavra até aqui. Na segunda (14), a MicroStrategy vendeu US$ 500 milhões em notas garantidas para comprar cerca de 11.900 BTC. A notícia fez o preço das ações da MicroStrategy avançar 12%.

O interesse da MicroStrategy em Bitcoin, no entanto, vai além de apenas comprar BTC e acumular o ativo. O CEO da empresa está se envolvendo em mais esforços educacionais e de conscientização, incluindo o lançamento de um Conselho de Mineração de Bitcoin.

Michael Saylor e o Conselho de Mineração de Bitcoin

Recentemente, Saylor anunciou que o recém-lançado Conselho de Mineração de Bitcoin teria uma reunião em 16 de junho para discutir o consumo de energia do Bitcoin e possíveis soluções de energia renovável. Chama atenção, no entanto, que Elon Musk não faça parte do conselho de mineração, embora tenha realizado uma reunião relacionada ao conselho no passado.

Os tuítes de Musk desencadearam uma tempestade de manchetes relacionadas ao consumo de energia do Bitcoin, que posteriormente fez com que o preço da criptomoeda despencasse. O CEO da Tesla disse que a empresa pararia de aceitar pagamentos de BTC por carros da empresa até que a mineração mudasse para fontes de energia mais limpas.

Recentemente, ele atualizou o status sobre o assunto dizendo que se houvesse a confirmação de aproximadamente 50% da mineração usando energia limpa, bem como uma “tendência futura positiva”, a Tesla começaria a aceitar Bitcoin novamente. Isso foi o suficiente para fazer o preço do Bitcoin subir novamente, além da aprovação da atualização Taproot para a rede.

O próprio Conselho de Mineração de Bitcoin é uma organização vaga, composta por indivíduos, grupos e mineradores, que se concentrará em trazer mudanças positivas para a mineração na rede. O FAQ na página do conselho vai mais longe a ponto de dizer que não envolverá Elon Musk, amenizando as preocupações do mercado sobre o CEO da Tesla, com o qual muitos ficaram aborrecidos nas últimas semanas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Rahul Nambiampurath é um trader da Índia que foi atraído pelo Bitcoin e pela blockchain em 2014. Desde então, ele é um membro ativo da comunidade. Ele tem mestrado em finanças.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

A ICO da Bit2Me ACABA DE COMEÇAR! Compre o token B2M agora.

Comprar agora!

Lançamento de BIT. Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde

Entrar agora