Midas Trend: sócio de pirâmide com dívida de R$ 60 milhões vira coach de finanças no Instagram

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Acusado e desviar milhões de investidores dá “dicas de finanças”

  • Junto com irmão, ele opera a suposta pirâmide de criptomoedas Midas Trend

  • Vida de luxo também causa revolta entre credores

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Devanney Vieira Santos, um dos sócios da empresa de criptomoedas Midas Trend, se transformou em “coach de finanças” no Instagram. O comportamento gera revolta entre ex-clientes que ainda esperam recuperar dinheiro investido.



Segundo o irmão de Devanney e também sócio da Midas, Deivanir Vieira Santos, a empresa tem uma dívida de R$ 60 milhões junto aos investidores.

Ainda assim, Devanney começou a publicar textos motivacionais no Instagram. Desde julho, publica conteúdos como “6 soluções para falta de dinheiro” e “5 motivos que impedem as pessoas de ficarem ricas”.



Além de sócio da Midas Trend, ele se diz “Coaching financeiro / Palestrante” e “Master Trainer International / Trader”.

Apesar de se intitular trader, não há provas de sua experiência. Pessoas ligadas à Midas Trend ouvidas pelo BeInCrypto garantem que a suposta plataforma de arbitragem nunca foi vista em funcionamento.

Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

Sócio da Midas Trend revolta investidores

Pessoas que investiram na Midas e ainda não puderam sacar seu dinheiro se revoltam com a atitude de Devanney. A empresa parou de fazer pagamentos no segundo semestre de 2019.

Em um grupo de reúne mais de 1.000 pessoas, eles distribuem xingamentos e até ameaças ao ver as postagens no Instagram. Além das dicas de coach de finanças, há muitas reclamações sobre o estilo de vida luxuoso esbanjado na rede social.

Devanney, junto com o irmão Deivanir, aparecem no pólo passivo de diversas ações judiciais movidas por antigos clientes.

A empresa de criptomoedas, no entanto, não teria sido o primeiro esquema no qual a dupla teve envolvimento. Rodam no YouTube vídeos de Devanney divulgando, entre outras, as pirâmides financeiras Bbom e Tips Clube.

Deivanir, além disso, foi flagrado pelo BeInCrypto na base de dados do Dataprev como tendo recebido pelo menos uma cota do Auxílio Emergencial.

Atualmente, os clientes tentam novamente se organizar para ingressar com mais ações na Justiça. No entanto, os sócios parecem ganhar tempo para se livrar de eventuais bloqueios de bens. 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá