O Bitcoin apresenta certa volatilidade nos últimos dias após longo período de estagnação. Dessa vez, porém, um indicador o movimento pode se intensificar. Mineradores superaram recorde que precedeu alta de 8% no mês de setembro.

Segundo a firma de análise de blockchain Glassnode, o indicador que mede o fluxo de Bitcoin de mineradores para exchanges acaba de atingir a máxima de seis meses.

Mineradores teriam chegado ao pico de 50.674 BTC transferidos para corretoras na média móvel de um dia. O valor equivale a cerca de R$ 3,3 bilhões na cotação atual da moeda.

Indicador do #Bitcoin Fluxo de BTC de Mineradores para Exchanges (média móvel de 1 dia) acaba de atingir o máximo de 6 meses de 50.674 BTC. A alta de 6 meses anterior, de 50.614 BTC, foi observada em 13 de setembro de 2020.

O indicador de transferência de Bitcoin de mineradores para exhanges costuma ser um sinal confiável de possível alta de preço. Além disso, dessa vez, o montante até supera os 50.614 BTC (R$ 3,2 bilhões) que precederam a alta de setembro.

Advertisement
Continue reading below

No dia 13 do último mês, a transferência desses valores precedeu um movimento significativo de alta no preço da criptomoeda. Na data do pico, o Bitcoin chegou a ser cotado a US$ 10.255. Em apenas três dias, por exemplo, a moeda viu um aumento de 7,99%, para US$ 11.075.

Se uma subida similar acontecer dessa vez, o Bitcoin poderia, novamente, superar os  US$ 12.000.

Analistas da Santiment recomendam observar volume de transações

Outra empresa de análise de blockchain, a Santiment aponta que o volume de transações de Bitcoin vem caindo. O movimento foi forte entre os dias 24 de setembro e 8 de outubro. No entanto, passou a descer desde então.

o volume de transações diárias despencou de US$ 71,2 bilhões (R$ 399,6 bilhões)  para US$ 26,6 bilhões (R$ 149,3 bilhões). O BTC teria se mantido nesse patamar, dessa maneira, desde 9 de outubro.

Segundo os analistas da empresa, investidores devem observar essa métrica, já que um aumento de volume aliado a pequenas subidas no preço podem indicar uma volta ao patamar de US$ 12.000.

O BTC atingiu uma alta de US$ 71,2 bilhões de volume de trade em 4 de outubro. Na verdade, de 24 de setembro a 8 de outubro foi o maior aumento de volume que o #Bitcoin viu desde meados de maio.

No entanto, houve uma queda repentina em 9 de outubro, e o volume de transações diárias não ultrapassou US $ 26,2 bilhões na semana passada. Procure um aumento no volume coincidindo com qualquer ligeiro aumento de preço como um dos primeiros sinais de que o $ BTC está se movimentando a $ 12 mil e além.