Moeda Digital da China Permitirá ‘Anonimato Controlável’

Compartilhar Artigo

O Banco Popular da China (PBOC) é o primeiro grande banco central a sugerir a emissão de sua própria moeda digital . Os consumidores temem o fim do anonimato do dinheiro, mas as autoridades dizem que seu objetivo é “anonimato controlável”.



Com base em dados de patentes já arquivadas, empresas e cidadãos chineses baixariam carteiras digitais que podem ser reabastecidas de agências bancárias e depois usadas para fazer pagamentos digitais em dinheiro.

Preocupações com a moeda digital chinesa

O regime autoritário tem aplicado de maneira consistente políticas que têm liberdades pessoais limitadas. Esse novo movimento em direção a níveis mais altos de supervisão financeira provavelmente aumentará os medos das pessoas.



No entanto, de acordo com o governo, a mudança para a moeda digital não foi projetada para limitar completamente o anonimato. Em vez disso, eles sugerem que a transição se destina a ajudar a aumentar os esforços de combate à lavagem de dinheiro (AML) e ao financiamento do terrorismo.

Mu Changchun, diretor-geral do Instituto de Moeda Digital do PBOC, deixou claro que o o governo não limitará completamente o anonimato . Ele disse que o estado reconhece que “a demanda do público em geral é manter o anonimato usando papel-moeda ou moedas”. No entanto, o novo yuan digital fornecerá os controles necessários para uma segurança mais rígida.

Escopo limitado

Embora a nova moeda do governo forneça ao governo controles sobre o setor privado, ela não controlará os mercados financeiros. Neste momento, os centros financeiros de negociação e o mercado de capitais não serão afetados.

No entanto, embora algumas liberdades limitadas permaneçam, a realidade para a maioria dos consumidores e empresas é o aumento do controle governamental. Embora o escopo atual possa ser um pouco limitado, o objetivo final parece ser um escrutínio financeiro completo.

A dificuldade adicional pode muito bem ser que a moeda digital apenas aumentará o já próspero mercado negro. Embora o yuan de papel torne as transações relativamente simples, a rede de troca subterrânea só ficará mais forte.

A grande preocupação por trás do blockchain endossado pela China, é que se torne um meio de controlar ainda mais a população. Desse modo, quebraria totalmente a razão da existência inicial, tanto da blockchain como das criptomoedas.

Você acredita que a China de fato conseguirá manter um anonimato em determinados pontos? Deixe nos comentários a sua opinião! Aproveite para compartilhar no Twitter e no Facebook!


Imagens cortesia da Shutterstock.


 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Lucas é formado em administração com foco em empresas. Iniciou sua carreira como analista de investimentos para bancos focados no segmento. Após adquirir experiência, em 2015 fundou sua própria startup, focada em gerar tecnologias de segurança para transações financeiras. Concomitantemente, desenvolve seu trabalho e conhecimento financeiro atuando no BeInCrypto, através de análises do setor financeiro de criptomoedas e novas avaliações de novas tecnologias Blockchain pelo mundo.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá