Mulheres brasileiras seguem firmes conquistando seu espaço no mercado cripto – Resumo do dia 08/03

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • No resumo do dia, o BeInCrypto destaca o trabalho de mulheres brasileiras no mercado das criptomoedas.

  • A criptomoeda brasileira de maior liquidez no mercado foi criada por uma mulher.

  • No setor dos tokens não fundíveis (NFT), a artista brasileira CECHK se destaca com sua arte cripto.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Hoje, dia 8 de março, o mundo inteiro comemora o Dia Internacional da Mulher e no BeInCrypto não poderia ser diferente.



No resumo do dia, trazemos publicações que destacam o trabalho de mulheres brasileiras na indústria das criptomoedas.

As 10 mulheres mais influentes do setor NFT de arte cripto

O BeInCrypto publicou hoje uma lista das principais mulheres que estão ganhando notoriedade no setor artístico dos tokens não fundíveis (NFT).



Na lista que reúne nomes internacionais, a artista brasileira Gabriela Cecchin se encontra como um dos trabalhos que mais chamam atenção no meio da cripto arte.

Sob o pseudônimo CECHK, a artista traz em suas obras um mundo neo-cyberpunk, realidade glitched, feminilidade, e toca em feridas como o abuso de substâncias e o ego refletido na Internet.

Misturando diferentes técnicas, ele explora a tangente entre o mundo real e digital. Sem dúvidas, é um nome para acompanhar no futuro. 

A representação das mulheres nos setor das criptomoedas no Brasil

A conquista da igualdade de gênero no espaço cripto, no entanto, tem uma longa jornada pela frente. No Brasil, apenas 11% das negociações de criptomoedas são feitas por mulheres.

Algumas semanas atrás, o BeInCrypto conversou com a especialista em criptomoedas Charys Oliveira sobre o assunto. Ela aponta que essa porcentagem reflete o fato de que as mulheres ainda ganham 28,7% menos que os homens no Brasil. Consequentemente, tem menos capital e incentivo a investir. 

De acordo com Solange Gueiros, uma das principais desenvolvedoras de blockchain no Brasil, há duas saídas para que o cenário cripto se torne mais igualitário. “O primeiro deles é a educação em finanças e tecnologia. Em segundo lugar vem a popularização das criptomoedas no dia a dia, já que é mais fácil negociar o que você já utiliza”, explica.

Além disso, a CEO da exchange CointradeCX, Eliane Medeiros, publicou neste mês um artigo exclusivo no BeInCrypto para ressaltar a participação feminina no mercado brasileiro.

Liderando um projeto de criptomoedas, ela destaca que as estatísticas ano a ano, revelam que a participação da mulher tem aumentado, porém o mercado ainda é predominantemente ocupado por homens.

“A liderança tem papel importante na valorização das mulheres, por isso, uma das minhas missões é desmistificar o tema”.

Criptomoeda brasileira de maior liquidez foi criada por uma mulher 

Falando em líderes do mercado, o BeInCrypto publicou no início do ano uma entrevista com Taynaah Reis, a fundadora do projeto Moeda Semente.

Criado em 2017, a iniciativa foi a primeira fintech de impacto social do país que encontrou nas criptomoedas a forma mais eficiente de oferecer crédito ao pequeno produtor.

O token nativo do projeto chamado Moeda (MDA), ganhou reconhecimento internacional e é hoje a única criptomoeda brasileira listada na Binance, a maior exchange do mundo. A partir disso, a MDA também se tornou o token nacional com maior liquidez no mercado.

Na ocasião, Taynaah destacou que a Moeda “é o símbolo do feminino e da igualdade”. Aliás, ela vê com bons olhos o futuro das mulheres no meio cripto.

“As finanças comandadas pelas mulheres têm um futuro mais promissor. Aliás, o mundo das criptomoedas abre muito espaço para as mulheres. Eu vejo que essa nova economia vem cada vez mais aberta para as mulheres nas finanças.”

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá