NFTs e fan tokens mudam cenário dos esportes

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Os tokens não fungíveis estão encontrando uma verdadeira utilidade nos esportes.

  • As principais marcas estão começando a incorporar esses tokens em suas marcas e na experiência dos fãs.

  • Os tokens de tomada de decisão vão mudar a forma como as equipes são formadas e até mesmo operadas.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A era digital mudou a forma como as marcas e as equipes estão se conectando com seus fãs.

Patrocinados



Patrocinados

Aproveitando novas tecnologias como NFTs e fan tokens, instituições esportivas estão alcançando novos espaços e abrindo novos caminhos de receita que não estavam disponíveis anteriormente.

A pandemia de covid-19 desempenhou um papel importante na impulsão de tokens não fungíveis (NFTs) por clubes e marcas esportivas. Além de prejudicar fontes tradicionais de receita, como venda de ingressos, ela impulsionou as equipes a se tornarem mais digitais.

Patrocinados



Patrocinados

Atualmente, os NFTs se tornaram uma das tecnologias mais procuradas em diversos setores, incluindo o dos esportes.

Rápida visão geral dos NFTs

A singularidade dos NFTs é fundamental para sua versatilidade, pois podem servir como veículos para diferentes tipos de informações. É por isso que times como a seleção alemã de futebol, o Barcelona FC e ligas como a NBA estão explorando essa tecnologia – utilizando-a para diversos fins.

A Nike sempre foi rápida em abraçar novas tecnologias. Dessa forma, não há surpresa que ela tenha se tornado uma pioneira em NFT. A marca de roupas esportivas patenteou um sistema que permite que tênis sejam combinados com um token não fungível. Isso prova sua autenticidade e incentiva os usuários a comprar produtos originais.

Este sistema, denominado Cryptokicks, também pode permitir que os usuários criem seus sapatos criando tênis projetados por algoritmos. Portanto, trazendo um modelo semelhante ao CryptoKitties para o esporte.

Além disso, os NFTs estão alimentando os colecionáveis digitais da nova era: substituindo os cartões físicos colecionáveis com retratos e biografias dos atletas. Nesse sentido, empresas como a Dapper Labs experimentaram um crescimento explosivo.

Sua principal coleção, a NBA Top Shots, é um projeto que vende vídeos das fotos mais memoráveis da história da NBA como NFTs, arrecadando mais de US$ 700 milhões em menos de um ano. De acordo com declarações de seu CEO, Roham Gharegozlou, mais de 150.000 usuários acessam a plataforma todos os dias.

Por fim, outra grande tendência é o surgimento de plataformas esportivas descentralizadas, seja centradas em um determinado esporte ou unindo os fãs de diversos esportes ao mesmo tempo. Em parceria com equipes de todo o mundo, eles visam criar um espaço para a interação entre atletas e seus fãs, utilizando os sistemas NFT e fan tokens.

A ascensão dos fan tokens

Os fan tokens permitem que equipes profissionais se aproximem de sua base de fãs no pós-pandemia. Eles monetizam a interação com seus seguidores, conseguindo assim recursos  para despesas e contratação de novos jogadores.

No entanto, há mais. Ao utilizar fan tokens e NFTs, clubes e plataformas exclusivos pode adicionar um grau de gamificação para os fãs. Como resultado, eles estão criando um nível de imersão sem precedentes e melhorando a experiência geral do usuário.

Em primeiro lugar, por meio de tokens, os fãs se tornam parte do processo de tomada de decisão. Por exemplo, eles podem escolher qual música o atleta usará em sua próxima entrada ou qual vídeo eles devem fazer em seguida.

Em segundo lugar, eles podem participar de premiações em NFT e loterias e receber benefícios VIP adicionais. Isso pode incluir acesso a eventos exclusivos, autógrafos e produtos da equipe. É possível até ganhar algum dinheiro com atividades de jogar para ganhar, compartilhando o sucesso de sua equipe.

O tokenomics difere de clube para clube e de plataforma para plataforma. No entanto, com o boom acontecendo nas indústrias de fan tokens e NFTs, esse mercado está muito disputado. Isso gera uma competição saudável, empurrando plataformas para criar tokens exclusivos, onde os fan tokens têm utilidade real.

Mais de 37 organizações e plataformas já lançaram seus tokens. A Juventus FC foi o primeiro time a lançar o seu, sendo seguido por muitos outros que viram um futuro neste tipo de empreendimento.

Agora, os fan tokens fazem parte de um negócio de US$ 550 milhões que envolve vários clubes. De acordo com algumas estimativas, esta indústria pode ter o valor de US$ 10 bilhões nos próximos anos.

O futuro é digital

O mercado NFT viu uma explosão de projetos de avatar “PFP” como Solana Monkey Business, que acabou de ser vendido por US$ 2 milhões.

Embora muitos digam que essa tendência já atingiu um ponto de saturação, não seria um exagero ver mais variantes desse formato surgirem à medida que a Web3 se expande.

Os usuários da web estão mais preocupados hoje em dia com sua privacidade do que nunca, e essa tendência destaca isso. Além disso, com plataformas como o Twitter adicionando autenticação para NFTs, é provável que essa forma de ativo tenha popularidade duradoura.

Este ano também foi enorme para a arte generativa – as peças mais raras das coleções Art Blocks, como Fidenza e Ringers, atingindo avaliações de milhões de dólares.

O universo expandido de NFTs

É provável que haja outra explosão neste espaço, já que blockchains como o Ethereum criaram uma maneira de os programadores criarem arte para monetizar seu trabalho pela primeira vez.

A fotografia de eventos com tokens também está começando a decolar. Podemos imaginar um futuro em que os “momentos” decisivos de jogos de futebol ou outros eventos sejam simbolizados – e você pode comprar o NFT direto pelo seu telefone.

Os NFTs também se infiltrarão nos jogos à medida que capacitam os usuários. Isso acontecerá por meio da modalidade jogue para ganhar e da verdadeira propriedade dos itens do jogo. A plataforma de alta velocidade da Solana é particularmente adequada para este nicho.

Não há dúvidas de que as equipes e empresas relacionadas ao esporte continuarão explorando o potencial das tecnologias baseadas em blockchain e as usarão para manter os fãs mais engajados em suas atividades.

A tomada de decisões por meio de fan tokens também pode se desenvolver para desempenhar um papel essencial na vida de uma equipe. Além disso, os mercados de previsão licenciados com base em blockchain podem ser a próxima ferramenta que os líderes do setor podem utilizar para aprimorar ainda mais a participação dos usuários com as equipes em tempo real.

Os conceitos de NFT e fan tokens ainda são vistos como uma novidade por muitos. No entanto, é possível que sejam a evolução natural do sistema. Esses ativos foram impulsionados pela pandemia, mas o progresso da tecnologia é inevitável e é a realidade da digitalização. Tudo isso exige experiências mais profundas, melhor serviço de fãs e conexões de qualidade.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Mike has worked for several successful startups in the UK, focussing primarily on Project Management and Product Marketing. Mike has managed teams and built systems to encourage effective communication and automate processes. Mike grew up collecting Panini trading cards and attempting (and mostly failing) to fill in his football sticker books every year. Mike has been involved in crypto eco-systems and De-Fi since 2017. He is in his element working with athlete NFT collectibles.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora