Nova Superliga de futebol deve beneficiar tokens de fãs, diz CEO da Chiliz

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Novo campeonato na Europa pode aumentar interesse nos tokens de fãs.

  • CEO da Chiliz está otimista com nova perspectiva.

  • Valor da moeda atingiu máxima na sexta-feira (16)

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Possíveis mudanças no cenário do futebol europeu podem gerar oportunidades para quem negocia tokens de fãs da Chiliz (CHZ).



Doze clubes do continente anunciaram a criação da “Superliga”, um torneio que seria paralelo à Liga dos Campeões. Destes, cinco têm parceria com a Chiliz e investiram em tokens de fãs, o que pode significar novas oportunidades de negócio.

Em um tuíte publicado na tarde desta segunda-feira (19), o CEO da Chiliz, Alexandre Dreyfus, comentou que acredita que o novo campeonato pode valorizar os tokens do ecossistema da Chiliz:



“Não estou envolvido em política esportiva e não sei se isso é bom ou ruim, mas se essa super liga realmente acontecer será bom para quem tem tokens de fãs e para os futuros times [a ganharem tokens] também”

O novo torneio é uma iniciativa conjunta de doze equipes europeias – Atlético de Madrid, Barcelona, Manchester City, Milan e Juventus, que já contam com tokens de fãs, além de Arsenal, Chelsea, Inter de Milão, Liverpool, Manchester United, Real Madrid e Tottenham.

Além dessas, outras oito equipes devem participar do campeonato, que segue sem data definida para realização. A “Superliga” seria independente de federações, o que deixou as organizações de futebol contrariadas.

A União das Associações Europeias de Futebol (UEFA), por exemplo, disse que tomará as medidas judiciais cabíveis para impedir a realização da competição.

Outras penalidades cogitadas incluem banir os times integrantes de participarem de competições domésticas, europeias e mundiais. Além disso, seus jogadores não poderiam mais atuar nas seleções de seus países.

A Chiliz é uma plataforma voltada para a criação de tokens de fãs, ativos digitais ligados a equipes e ligas esportivas. Esses tokens, por sua vez, podem ser usados para ter acesso a diversas vantagens relacionadas ao time, como ingressos ou direito de voto em algumas decisões.

Os tokens de fãs de futebol da Chiliz são os mais conhecidos, mas a criptomoeda também trabalha com outros esportes. O token nativo da rede da Chiliz, o CHZ, bateu um valor recorde de US$ na sexta-feira (16), quando era negociada por US$ 0,75. Atualmente ele vale US$ 0,51.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Jornalista de dados. Atuo no ramo de tecnologia há quase dez anos. Escrevi para o Grupo Globo e para o jornal Gazeta do Povo. Atualmente também escrevo para o Portal UOL

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá