NovaDAX atrasa depósitos e saques; exchange trabalha na solução

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Queixas não respondidas no Reclame Aqui aumentam nas últimas 24 horas.

  • Clientes reclamam de demora para compensar depósitos, mesmo via PIX.

  • NovaDAX emite comunicado oficial.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Usuários brasileiros de criptomoedas se queixam de falhas na exchange NovaDAX nesta quinta-feira (11).



As reclamações envolvem principalmente a demora na compensação de depósitos em reais na exchange, seja por TED ou PIX. Os problemas com a plataforma parecem ter começado nesta semana.

O site Reclame Aqui, por exemplo, registra cerca de 60 queixas não respondidas de clientes com problemas. A maioria menciona depósitos por PIX realizados na terça-feira (9), mas que ainda não teriam sido confirmados.



“Fiz deposito via PIX no CNPJ do banco Brasil Plural no dia 09/02/2021 e até hoje dia 11/02 não apareceu valor na minha conta Novadax!”, relata um dos clientes.

Em comunicado enviado ao BeInCrypto, a NovaDAX admite o problema e diz que a origem está em uma instabilidade na empresa parceira responsável pelo processamento dos pagamentos. Segundo a exchange, no entanto, a falha teria afetado “uma pequeníssima parcela dos consumidores”. Além disso, a empresa diz que a maioria dos casos com dificuldades já voltaram à normalidade.

A NovaDAX é uma das principais corretoras de criptomoedas com presença no Brasil e foi a segunda maior do país em volume de Bitcoin transacionado em janeiro de 2021, com 9.673 BTC.

Saques em cripto e dinheiro também estariam com atraso

Há, no entanto, queixas também ligadas a supostos saques de criptomoeda com atraso. “Fiz um saque a [sic] mais de 24 horas para uma outra corretora minha e o saque está pendente ainda”, postou um cliente no Reclame Aqui. “Mando e-mail só tenho respostas automáticas, ninguém se quer [sic] dar [sic] uma atenção”, conta.

Em nota, a NovaDAX diz que o bug se deu “por falha no nó da rede Blockchain”. A corretora não especifica a moeda alvo do bug, mas garante que o problema passa por correção.

Além de problemas na compensação, clientes ressaltam que a exchange não estaria retornando chamados ao suporte. “Realizei o depósito de R$ 3.000 reais pelo PIX e até agora não caiu … abri chamado no suporte e nem retornaram…”, escreve outra cliente.

Outro cliente da NovaDAX que mora em Nova Odessa, no interior de São Paulo, relata que teve que pedir o estorno de um pedido de depósito de R$ 100 mil via PIX pela suposta demora no atendimento do suporte.

Segundo a NovaDAX, os problemas têm relação com “o forte crescimento do mercado cripto e da chegada de novos usuários, somada à implantação da transferência de recursos via PIX”. Devidos aos erros, portanto, os depósitos precisariam seguir procedimento padrão para ter o valor reconhecido.

Transferência demora dois dias para compensar

Ao BeInCrypto, o atendente Thiago Pio da Silva, de 24 anos, disse que fez um pequeno depósito de R$ 138 na NovaDAX para comprar DOGE. No entanto, após ver as reclamações sobre a exchange, decidiu sacar o dinheiro para tentar a compra em outro lugar.

“Terça-feira eu abri a conta e baixe o aplicativo. Fiz uma transferência pra Novadax, em três horas caiu lá. Eu ia comprar Doge, mas estava receoso, vendo muita reclamação, um suporte que não responde”, conta Thiago.

Foi quando teria tentado enviar o valor, via NovaDAX, para outro vendedor. A exchange, vale lembrar, oferece função de conta digital que permite efetuar transferências para terceiros.

O cliente conta que fez a solicitação na terça-feira, mas o saldo só apareceu na conta do destinatário às 12h07 desta quinta.

Posicionamento da NovaDAX na íntegra

A NovaDAX, exchange global com o maior número de pares de criptomoedas para negociação com BRL, informa que saques realizados nas duas últimas semanas não foram processados devido a uma instabilidade na empresa parceira responsável que atingiu uma pequeníssima parcela dos consumidores. Para esses casos, a empresa parceira já foi ativada e se responsabilizou de solucionar os casos restantes até o final do dia de hoje (11). Existem ainda um pequeno número de saques em cripto que não foram conciliados, por falha no nó da rede Blockchain, que já está sendo solucionado pelo time técnico. À exceção desses casos, todas as demais operações da plataforma da NovaDAX estão normalizadas e maioria dos casos com dificuldades já foram resolvidos.

Por conta do forte crescimento do mercado cripto e da chegada de novos usuários, somada à implantação da transferência de recursos via PIX, aumentou o número de erros para efetuações de depósitos, que precisam seguir procedimento padrão para ter o valor reconhecido.

Para auxiliar nossos clientes em suas dúvidas, estamos intensificando melhorias na plataforma e aumentando nossa equipe de suporte. Além disso, todas as instruções necessárias nos fluxos estão nas telas de depósito. Também disponibilizamos a FAQ no site, onde passamos todas as informações necessárias para todos os processos na plataforma.

Pedimos desculpas aos nossos clientes pelos transtornos causados. Estamos corrigindo todas as falhas e buscando aperfeiçoar nosso atendimento para manter o padrão de qualidade que sempre manteve a NovaDAX entre as melhores do Brasil, segundo a visão dos próprios clientes”.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá