Novo fundo de Bitcoin brasileiro usará algoritmo e inteligência artificial para maximizar ganhos

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Giant Steps, maior gestora quantitativa da América Latina, vai entrar no mercado de criptomoedas.

  • Firma planeja fundo de Bitcoin e Ether para 2021.

  • Produto utilizará algoritmo para operar flutuações do mercado.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Hashdex, BLP, QR e Vitreo terão um novo concorrente no Brasil no ramo de fundo de criptomoedas, com foco em trade quantitativo.



Uma gestora de ativos sediada em São Paulo planeja um novo fundo de criptomoedas focado em estratégia quantitativa. A Giant Steps, que conta com cerca de R$ 6,5 bilhões sob gestão, utilizará um algoritmo que usa inteligência artificial em um produto previsto para o meio do ano.

À Bloomberg, o sócio fundador da Giant Steps, Flavio Terni, explica que o fundo pretende utilizar ao máximo a volatilidade do mercado para entregar mais rendimento em Bitcoin (BTC) e Ether (ETH).



Os mercados de criptomoedas são altamente ineficientes, com muita volatilidade. Isso significa que as estratégias de ‘trend following’ que já usamos em nossos outros fundos são capazes de capturar e ganhar com isso.

A estratégia, dessa forma, é diferente da maioria dos fundos de criptomoedas disponíveis no Brasil. Mesmo apostando apenas em gestão passiva, eles renderam até 343% aos investidores em 2020 e seguem com bons resultados este ano.

Os fundos da Hashdex, por exemplo, acompanham um índice composto por uma cesta de criptoativos. O gestor de portfólio da BLP Asset, Alexandre Vasarhelyi, chegou a revelar em conversa com o BeInCrypto que o mercado de trade quantitativo é promissor. No entanto, a gestora, assim como QR Asset e Vitreo, apostam em carteiras diversificadas sem operações de curto prazo.

Algoritmo cripto

O uso de algoritmos está na base da Giant Steps, que é uma gestora quantitativa – a maior da América Latina. A firma, no entanto, ainda não tem produto voltado para o mercado de criptoativos.

A entrada no setor se dará, dessa forma, pelo lançamento do novo fundo. Ele contará com um algoritmo especializado em cripto com tecnologia da startup Polvo Technologies. A empresa desenvolve softwares de inteligência artificial que analisam os dados disponíveis na blockchain para aprimorar trades de futuros de Bitcoin.

A Giant Steps adquiriu uma participação minoritária da Polvo, mas não revelou valores da negociação. O novo fundo de criptomoeadas da gestora tem previsão está previsto para a metade de 2021.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá