Novo meio de pagamento converte Bitcoin em Pix para lojas online do Brasil

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Empresa europeia lança novo meio de pagamentos em Bitcoin para e-commerces no Brasil.

  • Sistema liquida pagamento na hora e transfere imediatamente via Pix.

  • Criadores consideram que mais lojas devem começar a aceitar cripto no país.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Nova solução de empresa europeia integra pagamento em Bitcoin com Pix para acelerar adesão de lojas online às criptomoedas.



Uma empresa quer levar pagamentos com Bitcoin a mais lojas online no Brasil. A Coinqvest anunciou nesta quarta-feira (27) um novo meio de pagamento no país que aceita criptomoedas e realiza a conversão automática para reais. A solução tem a parceria da brasileira nTokens.

Segundo as empresas, e-commerces brasileiros que aderirem à plataforma poderão vender em Bitcoin e receber o valor na hora em reais. Para isso, portanto, o sistema utiliza a plataforma da nTokens para fazer a liquidação automática do BTC. Assim, o dinheiro pode em seguida chegar na conta bancária da loja via Pix.



Pix pode impulsionar pagamento com Bitcoin no Brasil

Para as empresas, o sucesso do Pix no Brasil poderá acelerar os pagamentos digitais como um todo no país. Lojistas e consumidores, portanto, poderiam aderir mais rapidamente a pagamento com Bitcoin. Além de BTC, a plataforma permite que lojistas aceitem pagamentos em Ethereum (ETH) e Stellar Lumens (XLM).

Nesse sentido, em nota à imprensa, Marcin Olszowy, cofundador da Coinqvest destacou que criptomoedas tendem a abrir portas para nova lojas online.

Criptomoedas têm melhorado rapidamente a forma com que pagamentos podem ser realizados via web, facilitando a entrada de novas empresas no comércio eletrônico.

Por outro lado, a intermediação da nTokens garantiria o cumprimento à legislação brasileira. É o que explica Thomaz Teixeira, CEO e cofundador da empresa:

nTokens permite que ativos digitais possam ser transferidos, negociados e detidos de modo descentralizado dentro da adequação aos requisitos legais. Estamos animados em trabalhar com a COINQVEST para trazer o pagamento digital em Reais para empresas locais e negócios online.

Uma das soluções da nTokens inclui um real digital na rede da Stellar. Segundo a empresa, a solução pode ser atrativa para o comércio eletrônico por, por exemplo, facilitar pagamentos entre pessoas e empresas localizadas em países diferentes.

A solução chega ao Brasil para enfrentar empresas que já atuam no segmento. Bitfy, Kamoney, Braziliex Pay e Pague Com Bitcoin, por exemplo, são algumas das soluções que já existem no mercado.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá