Número de endereços ativos de Stablecoin atinge novo recorde histórico

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O número de endereços ativos de stablecoin alcançou um novo recorde histórico em outubro

  • O Tether (USDT) se consolida como maior stablecoin do mercado

  • Usuários buscam a segurança das stablecoins para negociar em protocolos DeFi

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O número de endereços ativos de stablecoin alcançou um novo recorde histórico neste mês e o Tether (USDT) se consolida como maior stablecoin do mercado.



Os endereços ativos de stablecoin acabaram de alcançar um novo pico na quinta-feira, 15 de outubro. Atingiu finalmente o marco histórico de 265 mil endereços ativos diários.

Quem lidera com o maior número de endereços é o Tether (USDT). A stablecoin lastreada no dólar vem ganhando força desde o início do ano por uma série de fatores.



No dia do pico, o Tether registrou 213 mil endereços. Isso representa 80% de todas as stablecoins do mercado.

Os dados foram divulgados pela Coin Metrics Network Data Charts nesta terça-feira (20).

Outra stablecoin que ajudou a alcançar esse novo recorde histórico foi a USD Coin, que teve um aumento repentino entre os dias 14 e 15 de outubro. A criptomoeda pulou de 12 mil endereços ativos no dia 14, para 40 mil no dia seguinte.

No ranking do CoinMarketCap das maiores criptomoedas do mundo, o USD Coin ocupa a 12º posição. Embora o Tether mantenha sua dominância no Top 3, existe espaço para o crescimento cada vez maior de outras stablecoins.

Além disso, a análise do recorde histórico também levou em conta número de endereços ativos de outras stablecoins. Como por exemplo a Dai, Binance UDS, HUSD, Paxos Standard e Gemini Dollar.

Tether é o grande líder no crescimento das stablecoins

O Tether registra um crescimento nunca antes visto de uma stablecoin no mercado de criptomoedas. O marco mais importante foi atingido mês passado, uma vez que o Tether ultrapassou pela primeira vez US$ 15 bilhões de capitalização de mercado.

Primeiramente, uma das principais razões para o crescimento da stablecoin foi no início do ano com a crise do coronavírus. Em apenas 4 meses, as stablecoins dobram o seu volume no mercado.

Stablecoin decolou junto com as platoformas DeFi

Em segundo lugar, a explosão das plataformas DeFi também foi algo extremamente positivo para o Tether. Como resultado do aumento do seu uso em protocolos DeFi, a moeda cresceu US$ 3 bilhões em apenas um mês.

Os usuários buscam a segurança do Tether (USDT) para interagir com protocolos financeiros descentralizados. Diminuindo, dessa maneira, a sua exposição à volatilidade das criptomoedas.

Em 2020 o Tether também foi protagonista de outro marco histórico, e desbancou o dólar como principal par de negociações do bitcoin. Apesar de ter sido só por um dia, o feito demonstra que Tether está conquistando cada vez mais a preferência dos traders.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá