Número de Processos Contra a Unick Crescem 94.000% em 2019

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Levantamento mostra como queda da empresa influenciou no aumento de ações na justiça.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O número de processos contra a Unick Academy cresceu 94.000% em 2019. O número impressionante traduz o aumento de clientes insatisfeitos com o negócio. Segundo um site utilizado para compilar informações sobre processos judiciais, a plataforma aparece com 941 processos até então.



Centenas de investidores procuram através da justiça processar a Unick Academy. O surgimento de inúmeros processos evidenciam um aumento depois que a empresa começou a enfrentar problemas com atrasos de pagamentos.

Unick Academy com 941 processos somente em 2019

Somente em 2019 a Unick Academy já foi mencionada em quase mil processos judiciais. Sendo que este número deverá ser ainda maior, já que o ano ainda não terminou.



Em contrapartida, em 2018 o nome da Unick Sociedade de Investimentos aparece em apenas um processo, conforme revela o gráfico abaixo. Naquele ano, a plataforma não enfrentava problemas e os pagamentos de lucros em criptomoedas estavam aparentemente em dia.

Nos últimos dez anos o nome da Unick não surge de forma evidente, a não ser em 2019. Desde então, o segundo ano com maior incidência de processos para a plataforma é em 2010.

Naquela altura, quatro processos citaram os negócios da Unick Academy. Por outro lado, 2012 marca também o ranking dos anos com mais processos, ao ter simplesmente três ações contra a companhia.

São Paulo é líder no ranking de mais ações

Os dados suscitam que São Paulo é o estado campeão com ações contra a Unick Sociedade de Investimentos. Somente neste local existem 341 processos registrados contra o esquema investigado.

Em segundo lugar em publicações judiciais sobre a Unick por estado, aparece o Rio Grande do Sul. A organização foi fundada por Leidimar Lopes no estado gaúcho e concentra um número elevado de clientes. Sendo assim, no (RS) são 228 ações.

O Amazonas aparece em terceiro, com 142 casos jurídicos envolvendo o esquema acusado de ser uma “pirâmide financeira”. Por fim, Minas Gerais aparece também na lista com mais processos, ao acumular 71 publicações contra a empresa.

Os demais estados a figurar no ranking são Rio de Janeiro, Goiás, Sergipe, Rondônia, Paraná e Distrito Federal, confira:

Negócio aparece com novo nome

O salto relacionado as ações em desfavor da empresa que investia em criptomoedas é observado exclusivamente em 2019. Portanto, o aumento de 94.000% pode ser atribuídos aos recentes problemas do esquema, que teve nove líderes presos no dia 17 de outubro.

Este ano marca o declínio das atividades da organização, que teve uma operação policial com 65 mandados de busca e apreensão. Antes disto acontecer, a Unick modificou seu nome, tentando obedecer a uma notificação da CVM.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) queria saber quais eram as atividades da companhia. Até então, a Unick oferecia lucros a partir de aplicações em criptomoedas. Depois da (CVM), o esquema passou a ser chamado de Unick Academy.

A inclusão do Academy no nome serviu para tentar direcionar as atividades da corporação para o sistema educacional. No entanto, ainda é incerto qual será o futuro da corporação.

Processos que mencionam o novo nome da Unick já representam um número expressivo de citações. Contudo, enquanto que o termo Unick Sociedade de Investimentos aparece com 941 citações, Unick Academy possui meramente 54 menções na justiça.

Você conhece alguém que precisou acionar a justiça contra a Unick Academy? Comente sobre a notícia e não se esqueça de compartilhar no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá