NY Times examina as acusações de racismo na Coinbase

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • As estatísticas de contratação da Coinbase mostram contratações contínuas abaixo da média em termos de raça.

  • Funcionários negros afirmam que, individual e sistemicamente, foram tratados de forma injusta.

  • A visão da empresa de responsabilidade social corporativa incentiva o comportamento não profissional?

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O fundador da Coinbase, Brian Armstrong, e sua ‘cultura de estrelas’ deixam a empresa aberta a acusações de racismo.



Coinbase, a maior exchange em volume de criptomoeda americana, foi o assunto de 27 de novembro em um artigo do New York Times sobre questões raciais na empresa. O meio de comunicação aponta ondas de demissões de funcionários negros e uma porcentagem consistentemente baixa de contratações negras.



Comportamento consistente

A Coinbase nega que haja qualquer problema racial sistêmico na empresa. Ela contratou consultores externos e conduziu investigações internas sobre reclamações de funcionários e ex-funcionários negros. No entanto, essas análises não puderam confirmar as alegações.

Os registros de contratação da Coinbase mostram que os funcionários negros consistem em cerca de três por cento de sua força de trabalho. Dependendo do campo escolhido nas estatísticas oficiais de emprego americanas, isso está em qualquer lugar de metade a um terço da média da indústria. Além disso, a expansão corporativa não afetou este percentual. Os autores observam que outras empresas de tecnologia, como Square, PayPal e Twitter trabalharam para aumentar a participação de funcionários negros em suas empresas.

Não é um verão de amor

O racismo sistêmico se tornou um tema quente na Coinbase no início do verão de 2020. A morte de George Floyd pela polícia em Minneapolis, Minnesota, gerou meses de protestos. Isso também levou a um reexame do racismo sistêmico em muitas comunidades e empresas nos Estados Unidos.

De acordo com o artigo, os funcionários negros da Coinbase ficaram descontentes porque sua própria liderança permaneceu em silêncio sobre o assunto. Depois de uma reunião que eles organizaram com executivos, Brian Armstrong disse que,

“Houve esse derramamento de, tipo, Por que a empresa não está me protegendo?”

Depois do verão, o outono

A reaproximação não durou muito. O e-mail a seguir mencionou um plano de diversidade e inclusão, mas também aumentou a orientação – algo que vai diretamente contra o “O que você pode adicionar desde o primeiro dia?”. Mas em setembro, em uma postagem no blog da empresa, Brian Armstrong focou na empresa e em sua missão.

O artigo do New York Times se concentra em uma linha desta postagem do blog da empresa. “ Aqui não nos envolvemos quando os problemas não estão relacionados à nossa missão principal.” De acordo com o artigo, o post com essa linha atraiu a ira de muitos funcionários.

Largo e estreito

A postagem do blog de setembro apresenta a visão de Brian Armstrong para a empresa, seus funcionários e as relações dos dois com o mundo externo. Em particular, Armstrong vê a Coinbase, como suas postagens e outras comunicações têm mostrado, a partir de uma interpretação estritamente definida dos objetivos e missão da empresa, conforme declarado abertamente em seus documentos.

Ele afirma que “percebi em algum momento deste ano que muitos funcionários estavam interpretando nossa missão de maneiras diferentes”. Por um lado, estava a justiça social, escrita de forma ampla. Por outro lado, um foco estreito no desenvolvimento de uma infraestrutura centrada em criptoeconômicos para dar às pessoas mais igualdade. Ele afirma que entende que a missão da empresa é limitada.

Brian Armstrong tem a visão de um time dos sonhos para a Coinbase e, como CEO e fundador, ele tem a capacidade de concretizar essa visão. Até agora, o mercado apoia essa visão estreita em suas negociações. É uma questão de especulação se continuará desse modo ou irá mudar sua postura.

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

A opinião da equipe BeInCrypto em uma única voz.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá