O Bitcoin prepara nova alta em meio a outro crash do mercado de ações?

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Analistas levantam possibilidade de possível crash das bolsas

  • Bitcoin apresenta alta correlação com mercado de ações, mas pode se descolar

  • Traders já veem sinais de subida da criptomoeda

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Bitcoin despencou e bateu em US$ 3.000 no crash do mês de março. No entanto, o valor da criptomoeda se recuperou e alcançou novas máximas anuais, tornando-se uma reserva de valor na crise. Agora, apesar da queda recente, analistas já especulam uma nova subida em meio a novos indícios de derretimento no mercado de ações.



O mercado de ações é historicamente ruim no mês de setembro. Mas, poucos esperavam a queda brusca entre os papeis de tecnologia após picos históricos. O movimento de liquidações em massa começou na quinta-feira (3) e engatou três dias de perdas.

O índice Nasdaq tem leve recuperação nesta quarta-feira (9), mas especialistas não descartam um “novo mês de março”. Em editorial, a CNN diz que havia grande especulação nas ações de tecnologia e ainda não se sabe os rumos do mercado acionário a partir daqui.



A publicação cita argumentos de famoso bears como John Hussman, que vê o S&P 500 destruindo 66% de seus ganhos ao final deste ciclo de mercado.

Mas, se investidores estiverem prontos para mais um despejo de ações no mercado, o Bitcoin irá responder do mesmo modo que da última vez?

Como comprar Bitcoin e entrar no grupo de sinais gratuito do BeInCrypto

Bitcoin mantém suporte e volta a crescer

Os últimos dias foram de baixa para o Bitcoin. O editor da Bloomberg, Lorcan Roche Kelly, apontou que a criptomoeda apresenta uma forte correlação com o mercado de ações.

Continuo espantado com gráficos como este. Aqui está uma visualização dos futuros da Nasdaq 100 vs. Bitcoin nos últimos dias, e como você pode ver, eles apresentam um grau chocante de co-movimento.

Na manhã desta quarta-feira (9), o Bitcoin voltou a subir, novamente junto com novos ganhos da Nasdaq. Enquanto a bolsa das empresas de tecnologia avança 2,56% às 11,40, o BTC ganha cerca de 1,14%.

Por outro lado, ao mesmo tempo, o Bitcoin atinge a máxima histórica de correlação com o ouro, que sobe 1,41%. Além disso, a taxa de hash do BTC atingiu nova máxima, o que historicamente indica alta de preço pela frente.

Analistas de criptomoedas começam a ficar animados com uma nova subida do Bitcoin. O sentimento é de que o BTC pode se descolar mais uma vez do mercado de ações. @TheCryptoDog, por exemplo, vê uma clara oportunidade de long de BTC.

Longo muito direto no BTC, não parece que os ursos podem nos segurar.

Já @CryptoMichNL possibilidade de novo avanço para o patamar de US$ 11.000.

O Bitcoin ainda segura entre dois níveis cruciais. O suporte de US$ 10.000 está se mantendo, enquanto um avanço para US$ 10.225-10.300 poderia desencadear uma continuação para US$ 10.600 e possivelmente US$ 10.800-11.000.

Por outro lado, há quem se posicione de maneira mais conservadora. @SalsaTekila enxerga preparação para um grande movimento em breve. No entanto, confessa que a direção parece indefinida.

BTC caindo 4 dígitos. A quantidade de contratos em aberto da Bitmex aumentou significativamente, mostrando muitas tomadas de posição. Não tenho certeza para onde vamos em seguida, ele simplesmente sugere que a pressão está aumentando e é provável um movimento maior, sem viés direcional.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá