O Pior está Por vir? Preço do Bitcoin Cai 3% no Mercado e Preocupa Analistas

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Suporte da criptomoeda em US$ 8.700 dá sinais de que a cotação pode continuar a cair no mercado.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O preço do Bitcoin caiu mais de 3% no mercado nesta segunda-feira (11). A desvalorização da criptomoeda demonstra que o Bitcoin está com pouca força para enfrentar uma nova alta. Além disso, os números revelam que, sem suporte, o preço deverá ser ainda menor.



Nas últimas semanas o preço do Bitcoin não demonstrou grandes movimentações, a não ser em um evento específico no final de outubro de 2019. No últimos dias daquele mês, a criptomoeda esteve cotada por volta de US$ 7.500. Este valor desencadeou uma violenta demanda por Bitcoin no mercado.

Preço do Bitcoin está “cansado de subir” e pode voltar a cair



O Bitcoin dá sinais de exaustão e pode enfrentar uma forte correção em breve. Essa é a aposta de alguns analistas que alertam para a recente desvalorização de 3%. Depois de não conseguir manter sua cotação acima de US$ 9 mil, uma desvalorização deve voltar a “assombrar” o Bitcoin.

Há menos de 24 horas atrás o preço do Bitcoin estava sendo cotado em até US$ 9.100. O movimento curto de valorização do domingo (10) não foi mantido nesta segunda-feira (11). Dessa forma, a criptomoeda enfraquecida é capaz continuar no suporte encontrado atualmente, de cerca de U$ 8.700.  

Essa recente desvalorização indica sinais de que pode ser potencializada depois que o mercado não reagir a queda de 3%. Sendo assim, o suporte de US$ 8.700 deve ser ainda quebrado, quando o Bitcoin atingir valores abaixo deste índice.

Criptomoeda enfrenta dificuldade em chegar em US$ 10 mil

O Bitcoin enfrenta dificuldades em permanecer acima de US$ 10 mil. Este valor é considerado para a criptomoeda um patamar estável, diante dos últimos acontecimentos no mercado em 2019. Mas, nem mesmo em US$ 10 mil o preço do Bitcoin foi cotado nos últimos sete dias.

No início da última semana, um pequeno impulso elevou o preço em US$ 9.400. Para muitos, esse valor não somente seria mantido ao longo dos últimos dias, como tinha chances de ser ultrapassado por uma valorização. Contudo, o Bitcoin não conseguiu manter a alta e viu seu preço despencar na última sexta-feira (08).

A partir do final de semana, o preço do Bitcoin mergulhou em valores abaixo de US$ 9 mil pela primeira vez desde o último 25 de outubro. Este movimento deveria, até então, desencadear um impulso de compra da criptomoeda. Mas, o mercado não reagiu desta forma e o Bitcoin não teve forças suficientes para ser mantido acima de US$ 9 mil.

A criptomoeda até tentou encontrar este nível, e ficou por cerca de 24 horas sendo cotada por volta de US$ 9.100 neste domingo (10). Porém, a semana começou e o Bitcoin voltou a cair, demonstrando não ter impulso suficiente para enfrentar uma nova onda de valorização com o valor de US$ 9 mil como suporte.

Suporte de US$ 8.700 é ideal para nova valorização

Atualmente o preço do Bitcoin parece ter encontrado um suporte por volta de US$ 8.700. O valor sinaliza que este preço tende a ser mantido como cotação média para a criptomoeda nos próximos dias.

De acordo com o analista CryptoHornHairs, o suporte de US$ 8.700 é capaz de produzir uma onda de valorização para o Bitcoin. O analista citou o recente momento em que a criptomoeda voltou a ser cotada em US$ 10 mil, resultado de um movimento de alta demanda no mercado.

Com a recente queda do Bitcoin, resta saber se a criptomoeda continuará em desvalorização ou se encontrará um suporte equilibrado para uma nova alta. Por enquanto, as apostas dividem opiniões, onde alguns esperam pela manutenção da desvalorização que está acontecendo.

O que você acha que vai acontecer com o preço do Bitcoin nos próximos instantes? Comente sobre a desvalorização e compartilhe essa notícia no Twitter!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Lucas é formado em administração com foco em empresas. Iniciou sua carreira como analista de investimentos para bancos focados no segmento. Após adquirir experiência, em 2015 fundou sua própria startup, focada em gerar tecnologias de segurança para transações financeiras. Concomitantemente, desenvolve seu trabalho e conhecimento financeiro atuando no BeInCrypto, através de análises do setor financeiro de criptomoedas e novas avaliações de novas tecnologias Blockchain pelo mundo.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá