Para onde vai a Cardano (ADA) após nova máxima de US$ 1,70?

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A Cardano alcançou o novo recorde de US$ 1,70.

  • Os indicadores técnicos são otimistas.

  • O par ADA/BTC está enfrentando resistência em 3000 satoshis.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Cardano, uma dos maiores concorrentes da Ethereum (ETH) na indústria de ecossistemas de blockchain, alcançou uma nova máxima histórico em US$ 1,70 na sexta-feira (7). O novo recorde segue uma longa consolidação, portanto podemos esperar uma continuação da tendência de alta de longo prazo.

Patrocinados



Patrocinados

O par ADA/BTC também está mostrando perspectivas de alta e atualmente enfrenta resistência de curto prazo em 3000 satoshis. Após um possível rompimento, a Cardano será capaz de continuar a tendência de alta iniciada em 2021.

Cardano atinge nova máxima histórica

A Cardano (ADA) deu início ao seu impulso de alta no começo de 2021. O preço saltou da área de consolidação de longo prazo na faixa de US$ 0,10-0,20 para a máxima de então de US$ 1,55 em apenas 56 dias. A altcoin valorizou, assim, 777%.

Patrocinados



Patrocinados

O recorde foi estabelecido em 27 de fevereiro. Depois disso, a ADA vem sendo negociada em uma consolidação de longo prazo. Pelos 67 dias seguintes, o preço respeitou o canal paralelo na faixa de US$ 1,00-1,50 e com a mediana de US$ 1,25 que foi verificada várias vezes.

Gráfico do Tradingview

Na última sexta-feira (7), houve um claro rompimento deste canal e a ADA alcançou a nova máxima de US$ 1,70. Do fundo do canal ao novo pico, a Cardano subiu 65% em pouco mais de uma semana. O rompimento da resistência de US$ 1,50 foi confirmado por um aumento no volume (seta azul).

Os indicadores técnicos são de alta e sugerem a continuação de outra onda de tendência de alta. O RSI acaba de sair da linha de resistência descendente de longo prazo que está em vigor desde 10 de fevereiro (círculo laranja). Podemos esperar testá-lo novamente antes de continuar com o impulso de alta.

Já o MACD gera mais barras verdes de dinâmica positiva. O oscilador estocástico se dirige para cima, embora já esteja alto no território acima de 80.

Gráfico no Tradingview

Para onde vai a ADA

A Cardano rompeu após mais de dois meses de consolidação, que ocorreu após um aumento impulsivo. Normalmente, após tal movimento, pode-se esperar uma continuação da tendência de longo prazo.

O trader de criptomoedas @CryptoRgreen postou um gráfico semanal do par ADA/USD no Twitter que sugere que a reacumulação pode ser interpretada como uma bandeira de alta, que agora está surgindo. Se esse padrão continuar, o alvo estaria em US$ 2,78.

Fonte: Twitter

A previsão está em linha com as metas de retração de Fibonacci externa de todo o movimento ascendente deste ano. Assim, encontramos mais três alvos para a Cardano: US$ 2,27 no 1,618 de Fibonacci, US$ 2,77 no 2 de Fibonacci e US$ 3,57 no 2,618 de Fibonacci.

Gráfico do Tradingview

O preço também provavelmente testará novamente o nível de US$ 1,50 e o validará como suporte.

ADA/BTC

O preço do par ADA/BTC é interessante, pois vemos um rompimento da área de resistência menor em torno de 2400 satoshis (retângulo laranja). Ainda assim, a Cardano tem que quebrar a resistência do pico anterior em 3000 satoshis no qual está sendo negociado atualmente (linha tracejada vermelha).

Gráfico ADA/BTC no Tradingview

Se a ADA tiver sucesso nesse movimento, encontramos outra área de resistência em 3610 satoshis. Esta é uma área de resistência/suporte de longo prazo, definida no nível 0,618 de Fibonacci de toda a tendência de baixa desde a máxima histórica de 8788 satoshis em 4 de janeiro de 2018.

Os indicadores técnicos são otimistas e apoiam uma valorização contínua. Como no par contra o dólar, o RSI rompeu a partir da linha de resistência de baixa e está subindo (círculo laranja). O MACD gera barras mais altas de dinâmica positiva, enquanto o oscilador estocástico está acima de 80 e não mostra sinais de fraqueza.

Gráfico ADA/BTC no Tradingview

Além disso, o trader de criptomoedas @CryptoMichNL prevê que, após quebrar a resistência de 3.000 satoshis, a ADA pode esperar um aumento significativo:

Fonte: Twitter

Conclusão

A Cardano alcançou uma nova máxima de US$ 1,70 ontem e o par ADA/BTC está saindo da área de resistência de 3000 satoshis. Os indicadores técnicos sugerem continuidade da tendência de alta de longo prazo.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Ele é PhD e professor associado da Universidade Internacional de Lublin, Polônia. Ele passou 10 anos estudando filosofia da natureza e as ciências do esporte. É autor de 4 livros e mais de 20 artigos científicos. Agora ele é um membro ativo da comunidade cripto, um entusiasta da análise técnica e um defensor fervoroso da ideia de descentralização. Duc in altum!

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora