PayDiamond é Oficialmente Uma Pirâmide Financeira e Sócios Estão Foragidos

Compartilhar Artigo

Mais uma empresa foi, oficialmente, acusada de ser uma pirâmide financeira. O Ministério Público de São Paulo denunciou na última segunda-feira (9) a PayDiamond, empresa conhecida por oferecer supostos investimentos em diamantes e em moedas virtuais.



O Ministério Público do Estado de São Paulo protocolou uma denúncia contra pessoas que estariam diretamente envolvidas no suposto esquema de pirâmide financeira da PayDiamond no Brasil. O MP afirma que a empresa pode ser uma “verdadeira organização criminosa, para prática de fraudes e pirâmide, causando danos a número expressivo e indeterminado de pessoas”.

Além de oferecer supostos investimentos em bitcoin, a empresa oferecia também investimentos em sua própria criptomoeda, a Mktcoin.



A PayDiamond

Segundo o MP, a PayDiamond se apresentou no mercado brasileiro como uma companhia que vendia equipamentos e suprimentos de informática. Entretanto, após iniciar suas operações, o Departamento Nacional de Produção Mineral recebeu uma denúncia contra a empresa dizendo que ela fazia oferta de contratos de investimentos no comércio de diamantes.

Em seus slides de apresentação, a empresa dizia que era “a soma da visão empreendedora com a experiência em Marketing Multinível”. Além do valor em dinheiro, a empresa também oferecia prêmios, como notebooks, motos, carros de luxo e até uma casa no valor de R$ 500 mil para quem fizesse parte do plano ‘Black Diamond’

Nas redes sociais e sites especializado em reclamações é fácil encontrar antigos clientes comentando sobre suas insatisfações com a empresa. A maioria diz que investiu nos serviços ofertados pela empresa e, ao tentarem sacar esses valores foram impossibilitados, já que o site não estava mais operando.

A PayDiamond dizia possuir um fundo de segurança junto a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), para, caso as atividades da empresa encerrassem, os clientes poderiam sacar seus investimentos do fundo. Porém na denúncia feita pelo MP, essa narrativa era utilizada apenas para enganar os investidores, já que a CVM não conhecia as atividades da empresa.

A denúncia

Na denúncia protocolada pelo MP, a PayDiamond é investigada por exercer atividades não registradas no mercado de diamantes desde 2016. O esquema envolvia outras empresas ligadas a Carlos Cesar Luiz. Uma dessas empresas, a LifeInBlock, era responsável pela emissão da suposta moeda virtual do esquema, a Marketcoin. Por meio dela, também eram feitas promessas de rendimentos exorbitantes mensalmente.

O MP diz que a Mktcoin foi crada quando a empresa começou a ruir e não pagar mais os clientes. Todos os saldos dos investidores foram convertidos em Mktcoin, “essa moeda virtual deveria acalmar os clientes.”

“MKTCOIN com menção de que se trata de uma parceria com a Pay Diamond, deixando claro que esta fraude tinha estreita relação com o crime de pirâmide e nada mais era que uma estratégia de manter as vítimas em erro por mais tempo.”

A denúncia termina citando todas as pessoas responsáveis pelo esquema de pirâmide financeira e mencionando que o MP está atuando na busca dos que estão foragidos.

Para manter-se informado, tendo a sua disposição conteúdo constante e de qualidade, não deixe de acompanhar nosso site. Aproveite e faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Mercadóloga, mestra em estratégia e estudiosa do mercado financeiro. Entusiasta do Bitcoin, começou a escrever sobre criptomoedas em 2017 e nunca mais parou. Atualmente é colaboradora do portal BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá