PayPal e MercadoPago Devem Informar Justiça Sobre  Criptomoedas de Acusado

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Empresa pede informações sobre saldo de devedor em aplicativos que ainda não aceitam moedas digitais.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O PayPal e o MercadoPago devem informar sobre eventual saldo em criptomoedas em nome de um suposto investidor. O homem aparece como réu na ação de cobrança, que determina o arresto de bens em moedas digitais em aplicativos de pagamentos.



A dívida em questão se arrasta pela justiça a três anos, segundo a publicação do caso. Sendo assim, procurar por criptomoedas foi a única alternativa que a empresa em questão encontrou para reaver o pagamento em atraso.

Empresa procura saldo de cliente no PayPal

O PayPal é um dos aplicativos para a transferência de dinheiro mais conhecido em todo o mundo. A tecnologia permite ainda pagamentos instantâneos e até compras parceladas mediante o uso de cartão de crédito de forma integrada.



Enquanto isso, o MercadoPago desempenha função semelhante, com atividades voltadas a sites de e-commerce como o Mercado Livre, por exemplo. Os dois aplicativos utilizam o real brasileiro como moeda. Portanto, criptomoedas não fazem parte destas plataformas.

No entanto, a justiça pediu o bloqueio de saldo em criptomoedas mencionando o PayPal e o MercadoPago. Parece que a magistrada Daniel Martins Filippini concedeu o pedido feito pelo proponente da ação sem verificar a possibilidade de arresto nas empresas citadas.

Outros negócios devem bloquear criptomoedas do acusado

Os autos da ação mostram que a dívida no caso está em mais de R$ 12 mil. Sendo que este é o valor em criptomoedas que deveria ser bloqueado em empresas como o PayPal e o MercadoPago. Além destes aplicativos de pagamentos, o processo menciona outras plataformas, onde deve acontecer o suposto arresto de saldo em moedas digitais, como:

  • Iugu Serviços na Internet
  • GerenciaNet Pagamentos do Brasil
  • Global B2C Serviços de Intermediação
  • Yapay pagamentos online
  • Adyen do Brasil

Todos os empreendimentos citados acima devem informar sobre possível saldo em criptomoedas em nome de Sandro Duarte de Macedo. Ao que tudo indica, o homem possui uma dívida no total de R$ 12.890,62 com a empresa em questão.

O réu na ação representa ainda a plataforma Eccox Tecnologia e Soluções Ambientais. Como o PayPal e o MercadoPago não armazenam criptomoedas, restará saber das demais empresas se o homem está com saldos passíveis de bloqueio.

CEO do PayPal investe em Bitcoin

O PayPal pode não aceitar criptomoedas ainda, mas o CEO da empresa já declarou que investe em Bitcoin. Dan Schulman confessou que armazena Bitcoin em recente entrevista.

O aplicativo não aceita moedas digitais, mas faz parte também de projetos envolvidos com o mercado. O PayPal fazia parte da equipe da Libra do Facebook, porém, decidiu abandonar o projeto de Mark Zuckerberg a pouco tempo.

Com um débito de quase R$ 13 mil, uma empresa procura por qualquer saldo em nome do homem acusado da dívida. Ao citar aplicativos que não aceitam moedas digitais, o negócio dificilmente encontrará criptomoedas no MercadoPago e ou Paypal.

O que você acha da empresa que procura criptomoedas no PayPal para quitar uma dívida? Comente sobre esta notícia e compartilhe com os amigos no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá