Pix fica fora do ar e afeta depósitos em exchanges de criptomoedas

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Pix sai do ar para milhões de usuários nesta quinta-feira (11).

  • Nubank, Itaú e outros bancos acusam instabilidade no meio de pagamentos.

  • Depósitos em exchanges também são afetados.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Pix está fora do ar no Nubank, Itaú e outros bancos e afeta instituições que processam pagamentos para exchanges.



Clientes de diversos bancos não podem utilizar o Pix na tarde desta quinta-feira (11). O sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central saiu do do ar em aplicativos de diversos bancos e, dessa forma, prejudica o processamento de depósitos em exchanges de criptomoedas. O BC ainda não se manifestou sobre o caso.

Em testes conduzidos pelo BeInCrypto, o Pix aparece como indisponível no app do Itaú e no Nubank. Clientes da fintech que tentam fazer transferências pelo Pix veem, por exemplo, a mensagem “Pix fora do ar. Faça transferências por TED”.



Em nota, o Nubank informa que o problema se deveu a oscilações no provedor de conexão com o Banco Central. Demais serviços relacionados, portanto, também sofreram falhas.

O Nubank informa que às 11:50 horas de hoje identificou oscilações na RTM (Rede de Telecomunicações para o Mercado Financeiro), o provedor de conexão com o Banco Central. Esse fato impediu temporariamente o acesso dos clientes a algumas funcionalidades, como pagamento de boletos e realização de transferências via TED e Pix. O sistema já foi normalizado e a fila de transações está sendo processada. Como cerca de um quinto de todas as transferência de Pix passa pelo Nubank, há uma quantidade maior de transações a serem normalizadas.

Já nas redes sociais, o Nubank aconselhou clientes a, por exemplo, não repetirem transferências que porventura não receberam confirmação imediata.

Pix não funciona em diversos bancos

Segundo o Tecnoblog, o Pix também não funciona no Bradesco, Caixa, Banco do Brasil, Next, PicPay e outros bancos e carteiras digitais. Além disso, o BeInCrypto confirmou que a falha afeta instituições parceiras de exchanges de criptomoedas no Brasil.

O Pix chegou em novembro de 2020 com a promessa de oferecer um meio barato e seguro para realizar transferências de qualquer valor 24 horas por dia, sete dias por semana. A novidade animou o setor de criptomoedas, já que abria a possibilidade de movimentar exchanges nacionais também à noite e aos finais de semana.

Trata-se da primeira instabilidade generalizada do Pix que se tem conhecimento. Apesar de reclamações pontuais no Reclame Aqui, até então o sistema de pagamentos não havia saído do ar em todos os bancos por tanto tempo. Aliás, segundo o Banco Central, a solução vinha funcionando de maneira ininterrupta.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá