Plataforma lança solução DeFi para ajudar artistas independentes a financiar seus projetos

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A plataforma DeFi Opulous vai oferecer serviços de empréstimos para artistas independentes.

  • Os músicos poderão ter acesso a empréstimos usando seus royalties futuros como garantia.

  • O projeto foi construído no ecossistema blockchain da Algorand.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Ditto, uma plataforma de distribuição de música líder do mercado, acaba de anunciar a sua entrada no mercado das Finanças Descentralizadas (DeFi).

Patrocinados



Patrocinados

O serviços de empréstimos promovidos por projetos DeFi já é algo que vem ganhando popularidade na indústria cripto por beneficiar tanto o sujeito que empresta, quanto aquele que recebe.

O novo projeto da Ditto, no entanto, será uma das primeiras iniciativas de peso a levar as finanças descentralizadas para fora da indústria das criptomoedas.

Patrocinados



Patrocinados

A plataforma anunciada nesta semana se chama Opulous e vem para oferecer serviços de empréstimos para artistas independentes.

A ideia é que os artistas financiem seus projetos em um ambiente descentralizado e que simplifica o acesso ao crédito fora do sistema bancário tradicional.

Ditto/Divulgação

Música como classe de ativo

De acordo com a empresa, essa será a primeira plataforma DeFi apoiada por música como uma classe de ativos. Ou seja, o artista poderá usar sua produção como uma garantia para financiar seus projetos.

Dessa forma, os músicos podem ter acesso a empréstimos no meio DeFi a juros baixos usando seus royalties futuros como garantia, enquanto mantêm a propriedade da sua produção.

Os investidores do outro lado do empréstimo, vão poder compartilhar lucros e diversificar o portfólio com uma nova classe de ativos que antes era exclusiva apenas às pessoas dentro da indústria musical.

Blockchain Algorand

Toda a plataforma é construída com base na tecnologia blockchain da Algorand, mesma empresa por trás da criptomoeda ALGO. Conforme o comunicado oficial, o ecossistema da Algorand suporta 84 milhões de transações por dia, de tal forma que a escalabilidade permitirá que a Opulous possa se desenvolver no futuro.

De acordo com o CEO da Ditto, Lee Parsons, os artistas têm dificuldade de conseguir empréstimos dos bancos tradicionais, ou os termos são tão desfavoráveis que não vale a pena perder tempo. Como resultado, a tecnologia vem para resolver esse problema.

“Eliminar a necessidade de bancos ou corretoras permite que os credores e detentores de ativos negociem diretamente com os mutuários em um blockchain público. Esta é a própria definição de finanças descentralizadas. Não há mais gatekeepers centralizados, não há mais intermediários “tributando” cada transação. DeFi quebra esse monopólio.”

A plataforma já levantou US$ 1,5 milhão em sua rodada inicial de financiamento e está prevista para lançar em dentro de três meses.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Previsões de cripto com o Melhor Canal de Sinais com +70% de acertos!

Entre Agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora