Polícia Federal Prende Integrantes da Unick Forex

Compartilhar Artigo

Na quinta feira dessa semana (17/10) a Polícia Federal fez uma nova operação contra a Unick Forex. A empresas operava mercado de forex e criptomoedas sem  licença.



Não é de hoje que a Unick Forex vem encarando problemas na justiça. Desde o início do ano, a CVM e polícias de diversas organizações vem fazendo operações visando encerrar a operação da empresa. Eles são acusados de pirâmide financeira, e para piorar já estão sem saldo para devolver o dinheiro aos clientes.

Na operação anunciada em seu site oficial, a Polícia Federal disse que são mais de 65 mandados prisão, além da apreensão de bens e confisco de valores em contas correntes. Esse é um processo que inciou em janeiro, e até o momento só havia sido suspensa as operações pelo comunicado da CVM.



Ao todo, teriam sido apreendidos cerca de 1500 bitcoins em nome da empresa, e ainda foi constatado pelo delegado da PF que a Unick não possui saldo sufciente para pagar a todos os investidores. Ao todo, a empresa possuia mais de 1 milhão de cliente, e de acordo com a matéria divulgada pela Polícia, chegou a arrecadar R$40 milhões por dia.

O método de trabalho da Unick se caracteriza como pirâmide financeira, pois os novos investidores pagavam os “lucros” dos investidores mais antigos. Como não é novidade, a empresa prometia rentabilidade na casa dos 100%, o que não é sustentável para um fundo de investimentos sério.

Crimes Serão Julgados

Com a defalgração da operação no dia de ontem, os diretores ta Unick terão um grande problema para enfrentar. Os princpais crimes são evasão e divisa e, especialmente, crime contra a economia pública.

Como se não bastasse, está circulando nas redes sociais que a Unick está oferecendo um pagamento de 20% do valor devido aos clientes, como forma de quitação da dívida. A proposta é considerada absurda, e o ideal é que os clientes esperem por direções que a justiça deve dar nos próximos dias.

A Unick já vinha recebendo ordens de parar as negociações desde janeiro, no entanto não acatou o pedido da CVM e justiça. Sendo assim, ao longo desse processo, a Polícia Federal conseguiu ainda reunir mais provas contra a empresa.

Estima-se que a Unick tivesse mais de 750 mil clientes, e assim, se ela fosse uma corretora, seria a segunda maior do Brasil, perdendo somente para a XP (que agora é banco).

Você acredita que a Unick pagará os clientes? Deixe nos comentários abaixo a sua opinião!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá