Por Onde Anda Fernando Lusvarghi, o Líder da Unick Que Iinvestia em Bitcoin?

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Diretor jurídico do esquema espera em casa pelo julgamento sobre seu envolvimento com o esquema que teve nove presos.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Muitos clientes da Unick devem se perguntar por onde anda Fernando Lusvarghi, o líder da empresa que investia em Bitcoin. O advogado era um dos rostos mais conhecidos por trás da empresa acusada de operar uma enorme pirâmide financeira.



Somente com a prisão dos líderes do esquema as autoridades encontraram mais de 1.500 unidades de Bitcoin (BTC). Isso sem mencionar mais de R$ 200 milhões que estavam em contas associadas ao negócio apontado como fraude de Bitcoin.

Enquanto alguns nomes importantes da Unick estão atrás das grades, o destino de Fernando Lusvarghi foi um pouco diferente. Desse modo, não é na cadeia que o diretor jurídico da plataforma de investimentos em Bitcoin.



Segundo informação divulgada pelo Diário Prime, Lusvarghi está vivendo uma prisão domiciliar, por ser acusado de ter participado do esquema bilionário envolvendo o Bitcoin.

Operação Lamanai não conseguiu prender Fernando Lusvarghi

No dia 17 de outubro de 2019 a Unick sofreu a sua pior perda até então. Naquele dia acontecia a Operação Lamanai que prendeu nove líderes do esquema que movimentava até R$ 40 milhões em Bitcoin um único dia.

No total eram dez mandados de prisão que foram expedidos em nome de líderes do esquema acusado de fraude. Com estimativas que apontam para mais de um milhão de contas ativas, a Unick teve mais de 1.500 unidades de Bitcoin (BTC) apreendidas.

Danter Silva e Leidimar Lopes são alguns líderes que foram presos com a Operação Lamanai. Junto com Lusvarghi, os três representavam a imagem da Unick na maioria dos vídeos ligados a empresa de supostos investimentos em Bitcoin.

No entanto, somente Lusvarghi era considerado foragido no dia em que a Operação Lamanai foi deflagrada. E este era o status do advogado até que a prisão domiciliar colocou fim a procura do líder da Unick.

Inicialmente Fernando Lusvarghi tentou aguardar seu julgamento em liberdade. Porém, a justiça não acatou a liminar em forma de habeas corpus impetrada pelo líder da Unick que tinha centenas de Bitcoin.

Conforme mostra informações sobre o paradeiro do diretor jurídico do esquema, Lusvarghi está em prisão domiciliar por falta de vaga no sistema prisional brasileiro.

Líder da Unick está usando tornozeleira eletrônica

A prisão de Fernando Lusvarghi acontece de forma domiciliar. Ou seja, o advogado pode ficar no conforto de sua residência aguardando as investigações sobre a Unick que ainda não chegaram ao fim.

De acordo com informações divulgadas sobre Lusvarghi, o líder da empresa está utilizando até uma tornozeleira eletrônica. O dispositivo é famoso entre algumas pessoas consideradas criminosas. Embora a prisão domiciliar parece ser algo mais flexível, a tornozeleira eletrônica pode entregar qualquer ilicitude de quem a utiliza.

A medida vale tanto para a tentativa de retirar o equipamento como para quem se afasta do local em que a tornozeleira está registrada. Sendo assim, no caso de Lusvarghi o advogado deve permanecer em casa e cumprir com a determinação judicial sobre o seu regime de prisão diferenciado.

O que você achou da prisão domiciliar do advogado Fernando Lusvarghi? Comente sobre a notícia e compartilhe no Twitter com os amigos.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Lucas é formado em administração com foco em empresas. Iniciou sua carreira como analista de investimentos para bancos focados no segmento. Após adquirir experiência, em 2015 fundou sua própria startup, focada em gerar tecnologias de segurança para transações financeiras. Concomitantemente, desenvolve seu trabalho e conhecimento financeiro atuando no BeInCrypto, através de análises do setor financeiro de criptomoedas e novas avaliações de novas tecnologias Blockchain pelo mundo.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá