Preço do Bitcoin em US$ 10 Mil Até o Final de 2019, Segundo Analista

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Recuperação vai surpreender mercado nos próximos trinta dias de acordo com previsão no Twitter.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O preço do Bitcoin estará em US$ 10 mil até o final de 2019, garante um analista pelo Twitter. Segundo o perfil PlanB, uma recuperação da cotação da criptomoeda acontecerá nos próximos 30 dias. Sendo assim, parece que uma reversão será vivenciada pelo preço do Bitcoin.



Nos últimos dias, o preço do Bitcoin caiu vertiginosamente no mercado. Sem forças para voltar a ser cotado acima de US$ 10 mil, a moeda digital mergulha em índices por volta de US$ 7.200. Porém, nem tudo está perdido e o Bitcoin deverá encontrar uma onda de valorização ainda no final do ano.

Final de 2019 marcará novo aumento para o preço do Bitcoin

No final de 2019 o preço do Bitcoin surpreenderá o mercado de criptomoedas. Para a previsão publicada no Twitter, antes de 2020 o preço do ativo digital estará novamente no patamar de US$ 10 mil. Ou ainda, uma cotação acima de R$ 42 mil em valores atuais.



O perfil PlanB traçou uma previsão para a cotação do Bitcoin no mercado. Para o analista, um valor abaixo de US$ 10 mil não seria condizente com alguns fatores que devem estimular uma valorização para a criptomoeda.

Dentre estes fatores está o halving que se aproxima. Com menos de seis meses para o importante evento para o Bitcoin, a cotação da criptomoeda deve voltar a encontrar suporte em quantias superiores a US$ 10 mil ainda em 2019.

Com o halving, a recompensa pela mineração do bloco do Bitcoin cai pela metade. Essa redução desencadeia um movimento de valorização no mercado, já percebido nos dois últimos halvings.

Além disso, o “momento raro” do Bitcoin não condiz com a relação de escassez da moeda digital, segundo o índice (S2F) no mercado. Para o analista do PlanB, o modelo (S2F) evidencia que a cotação da criptomoeda está abaixo da quantia estabelecida pelo Taxa de Escassez.

Criptomoeda sobe 10% e mostra força ao mercado

Nesta segunda-feira (25) a criptomoeda teve uma queda impressionante e voltou a ser cotada por volta de US$ 6.300. O valor representava, até então, uma desvalorização no dia em mais de 8% no dia. 

Contudo, não demorou muito para que a moeda digital recuperasse seu desempenho. Atualmente o preço do Bitcoin está sendo cotado acima de US$ 7.200, uma diferença de quase US$ 1 mil. O aumento refletiu rapidamente uma recuperação de quase 10% em poucas horas.

Considerando essa inesperada recuperação, o perfil PlanB confirma que o Bitcoin continuará em valorização no mercado. Ao mencionar o halving que sucederá em maio de 2020, o analista traça uma performance que deve ser acompanhada pelo Bitcoin em breve.

Criptomoeda vai cair ou subir no mercado?

Por outro lado, uma previsão contrária aponta para uma queda ainda mais profunda para o preço do Bitcoin. Sem encontrar suporte em valores mais altos, o analista Willy Woo fez uma previsão aterradora para a moeda digital.

Em um vídeo publicado no Youtube o analista explica que o ativo digital chegará em até US$ 4.500. Citando o halving, Willy diz que o Bitcoin atingirá este preço antes da redução de recompensa por bloco minerado. O analista disse até que, em algum momento, o preço do Bitcoin cairá 50% de uma única vez.

Enquanto isso, o perfil PlanB aposta praticamente em uma previsão oposta, onde a moeda digital encontrará suporte em valores acima de US$ 10 mil ainda em 2019.

O que você acha que realmente acontecerá com o preço do Bitcoin? Comente sobre a notícia e compartilhe no Facebook sua previsão.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá