Preço do Bitcoin sobe ou desce? Indicador sugere o que traders estão pensando

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin não alcançou mais US$ 34.000 desde que caiu da máxima na madrugada de segunda-feira (4).

  • Indicador mostra o que traders pensam sobre a direção do preço do Bitcoin.

  • Investimento profissional não parece ter cessado.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Bitcoin não atingiu mais US$ 34.000 desde que caiu da máxima e indicador mostra pensamento de traders sobre direção que preço pode tomar.



O Bitcoin sofreu um forte recuo na segunda-feira (4) após atingir a máxima histórica. Mas, a pergunta que fica é: para onde vai o preço do BTC? A resposta, pelo visto, também parece incomodar os traders de criptomoedas.

Isso porque um importante indicador sugere o que passa pela cabeça de quem negocia criptomoedas em exchanges. O número, dessa maneira, ajuda a entender a opinião de quem vive de apostar na alta ou baixa do ativo.



Alavancagem cai nas exchanges de criptomoedas

O indicador que revela a informação é a Taxa de Alavancagem Estimada, ou Estimated Leverage Ratio (ELR). O ELR é um indicador que mostra a média de alavancagem de traders em exchanges de derivativos.

Na indústria, a informação é útil para medir o sentimento dos negociadores, já que aponta o tamanho do risco que eles assumem nos trades. É importante lembrar, por exemplo, que quanto maior alavancagem, maior o prejuízo se o preço for em direção contrária da prevista.

Segundo a firma de análise CryptoQuant, o indicador apresenta queda entre diversas exchanges.

Se o valor de ELR estiver em alta em comparação com os últimos dias, portanto, traders estariam confiantes em suas posições. Por outro lado, quando o indicador está em baixa, os traders tendem a estar mais cautelosos e, por isso, tomando menos risco.

A rencete queda do ELR em exchanges, dessa maneira, indica que traders estão incertos sobre a direção que o preço do Bitcoin irá tomar. Para o analista Ki Young Ju, CEO da CryptoQuant, o ELR seria um indicador de sentimento melhor do que o famoso Índice de Medo e Ganância (Fear and Greed Index).

Este indicador é melhor do que o índice Fear & Greed. Os traders de derivativos de BTC estão inseguros quanto ao próximo movimento – e assustados.

Dinheiro institucional continua entrando no Bitcoin

Há incerteza momentânea, mas investidores parecem continuar mirando na subida de longo prazo. A gestora de fundos Bitwise, por exemplo, informou na última segunda-feira (4) que seus ativos sob gestão já ultrapassaram US$ 500 milhões.

Segundo a empresa, o crescimento é resultado do crescente interesse de investidores profissionais. A empresa diz que a entrada desse tipo de aporte em cripto é “notável”.

A velocidade com que os investidores profissionais estão entrando em cripto agora é notável. Embora a adoção de criptomoedas como uma classe de ativos e a convicção em torno de seu papel nas carteiras se expandam rapidamente, continuamos a estimular todos os investidores a considerarem os riscos associados ao investimento em criptomoedas em geral e nos fundos Bitwise em particular.

Hunter Horsley, cofundador e CEO da Bitwise

Além disso, a expectativa entre analistas é que o movimento continue especialmente após a notícia recente vinda dos EUA. Na noite de ontem (4), o maior órgão regulador do setor bancário americano emitiu uma resolução que libera o uso de stablecoins no país.

Para o analista Willy Woo, esse pode ter sido o motivo pelo qual o Bitcoin conseguiu se manter acima de US$ 30.000.

Provavelmente por isso houve uma compra de BTC no mercado à vista muito forte a 30k, ultrapassando seu canal e ainda sem atingir o nível de sobrecomprada segundo os fundamentos da rede. É uma grande notícia e parabéns à Circle.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá