Projeto brasileiro tokeniza rastreio de gastos públicos

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • GOV Token usa a rede do Bitcoin para rastrear gastos públicos.

  • O projeto propõe acompanhar os recursos liberados para uma agenda pública, tornando o processo transparente, imutável e auditável.

  • Solução anticorrupção criada pela Investtools tem subsídios da Finep, da Faperj e da AgeRio.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A estrutura do GOV Token, solução em blockchain para rastrear gastos públicos, está sendo desenvolvida de forma pioneira na rede Bitcoin, com o intuito de aproveitar os benefícios de segurança, criptografia e amplitude do maior protocolo descentralizado do mundo.

Patrocinados



Patrocinados

A ferramenta anticorrupção, criada pela Investtools por meio da unidade de negócios Blockchain Studio, é a primeira do Brasil a usar a rede como “base tecnológica, desvinculando-se de uma aplicação focada em ativos financeiros e transações comerciais”. Em janeiro, o projeto recebeu um subsídio de R$ 1,5 milhão de agências de fomento, e o produto mínimo viável será concluído até o fim do ano.

O GOV Token propõe o acompanhamento dos recursos liberados para uma agenda pública, tornando o processo transparente, imutável e auditável por qualquer cidadão ou organização. A solução se baseia na emissão de tokens atrelados ao valor do real, sem fins comerciais ou de especulação.

Patrocinados



Patrocinados

Quando liberados por um órgão público para cumprir determinado fim, os tokens são inseridos na rede, registrando todas as movimentações financeiras – valores, origens e destinos – em uma cadeia de blocos, garantindo que a quantia em dinheiro vai exatamente para o fim ao qual estava destinada.

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio) são as financiadoras do projeto.

Para o CEO da Investtools, David Gibbin,  o GOV Token é o primeiro de muitos a se propor a “ficar de pé nos ombros do gigante”:

“ A maioria das pessoas vê o Bitcoin apenas como um ativo financeiro, mas, na verdade, a rede abre inúmeras possibilidades de soluções tecnológicas por conta da sua robustez e consolidação no mercado. Nós olhamos para o Bitcoin para além da sua relevância como moeda e investimento, para nos apoiarmos no valor tecnológico gerado pelo seu protocolo. Espero que seja a primeira de muitas iniciativas no mercado a explorar essa capacidade do bitcoin, para expandirmos os horizontes de inovação da empresa.”

Projeto usa rede Bitcoin

A escolha da rede Bitcoin para basear o GOV Token se deu “por conta da sua robustez e segurança, funcionando sem interrupção ou ataques bem sucedidos desde 2009. Por ser a blockchain mais distribuída do mundo, o protocolo está apoiado em milhões de computadores. Isso impossibilita qualquer alteração nos dados registrados e impede o chamado ‘ataque de consenso’, o que assegura que cada token seja gasto apenas uma vez”.

O GOV Token se fundamenta na credibilidade de um sistema já conhecido e consolidado. Ao mesmo tempo em que os benefícios são absorvidos, os entraves também demandam resoluções, e é neste aspecto que o projeto traz uma proposta inédita. Para driblar a baixa escalabilidade e o tempo de geração de novos blocos, o GOV Token usa a Lightning Network, rede que roda na camada 2 da blockchain do Bitcoin e é o principal meio de escalabilidade do protocolo.

Geralmente, a Lightning Network é usada para fins de carteira digital ou como terminal de pagamentos. No entanto, os desenvolvedores do produto da Investtools decidiram aplicá-la como meio de comunicação entre as partes, para otimizar a velocidade de registro de dados e agilizar as transações.

O diretor de Tecnologia Blockchain da Investtools e líder técnico de desenvolvimento do GOV Token, Marco Jardim explica:

 “A Lightning Network funciona como um canal de comunicação das transações entre os membros da rede GOV Token e a blockchain do Bitcoin; nela, é possível fazer transferências de forma instantânea, que, em seguida, são registradas na blockchain. Ou seja, isso resolve o problema da lentidão de processamento de transações, enquanto mantém a segurança, a imutabilidade e todos os benefícios inerentes ao design tecnológico da rede descentralizada.”

Em meio a tantos casos de corrupção, ter uma ferramenta que promova uma segurança jamais vista no controle dos gastos públicos é uma inovação tão necessária quanto democrática. “Por meio da Blockchain Studio, nossa unidade de negócios para disseminar conhecimento e desenvolver iniciativas voltadas para esta tecnologia, o objetivo da Investtools é oferecer à sociedade uma ferramenta disruptiva para ajudar a combater a corrupção, o mau uso de recursos públicos e a falta de transparência governamental”, finaliza David Gibbin.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Apaixonada pelo que faz, Aline Fernandes é uma profissional que atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por quase todas as redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 - incluindo a cobertura do último pregão viva voz no Brasil. Coordenou um grupo de dez correspondentes em três continentes para decidir as pautas mais relevantes do dia para o telespectador. Já participou de treinamentos e cursos no exterior, passou em zonas de guerra na Cisjordânia, Faixa de Gaza, fronteiras da Síria, Líbano, além da Jordânia e Egito. Atualmente estuda Mídias e Marketing Digital na pós-graduação da ESPM. Acredita no trabalho com ética, excelência, profissionalismo e no bom jornalismo. O futuro é o que estamos realizando agora.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora