Quadrilha Que Usava Golpe Phishing para Comprar Bitcoin Termina Presa

Compartilhar Artigo

Um golpe de phishing para comprar Bitcoin resultou na prisão de uma quadrilha de criminosos na Espanha. O caso apresenta o famoso phishing, onde informações dos usuários são roubadas através de falsos e-mails. Com essas informações, os criminosos compraram Bitcoin e outros itens em nome das vítimas.



No total, mais de R$ 1,3 milhão foram movimentados pelo crime, que atingiu usuários de várias cidades na Espanha. Os criminosos roubavam informações que davam acesso a contas bancárias e cartões de crédito, através do famoso ataque phishing.

Bitcoin era comprado com cartão de crédito de terceiros

O golpe de phishing envia mensagens com malware capaz de roubar informações de usuários. As mensagens são compartilhadas por e-mail que nem sempre são detectados como maliciosos.



Após a detenção da quadrilha que atuava na prática do ataque phishing, a polícia apreendeu também quase 30 celulares utilizados no esquema. Os criminosos viviam na França e visitavam a Espanha apenas para aplicar o golpe milionário.

A prisão aconteceu em Valência, mas a quadrilha atuava em outras cidades, como Barcelona e Alicante. As investigações revelam ainda que a organização criminosa roubava entre cerca de R$ 1.300 e R$ 18 mil de cada uma das vítimas do golpe.

Quadrilha foi presa após investigação de três meses

Inicialmente um dos criminosos foi detido pelas autoridades na Espanha. Através desta detenção, as autoridades puderam encontrar os demais componentes da quadrilha que aplicava o golpe de phishing. A investigação do caso começou em julho de 2019, mas somente em outubro que um dos integrantes da quadrilha foi realmente preso.

A primeira prisão aconteceu depois de três meses em que a quadrilha estava sendo investigada. Denúncias de vítimas do golpe foram as responsáveis pelo início das investigações, que fizeram com que um dos investigados fosse detido em Alicante.

Depois dessa prisão, as autoridades encontraram os demais participantes da quadrilha em Valência. No momento em que foram detidos, os dois criminosos estavam saindo da casa utilizada para a prática do golpe que comprou Bitcoin com o cartão de crédito das vítimas.

Com os acusados, a polícia encontrou quase R$ 18 mil em “dinheiro vivo”. Além disso, uma gama de equipamentos eletrônicos estavam em posse dos criminosos que planejavam deixar a Espanha.

A casa utilizada pela quadrilha operava como um “centro do golpe”. Na residência foi encontrados computadores e smartphones utilizados para praticar phishing.

A investigação não descarta a participação de outros criminosos no esquema. Sendo assim, pode ser que outros envolvidos sejam preso nesse caso. Por outro lado, não foi divulgada a quantia de Bitcoin que a quadrilha comprou.

Conhece alguém que já perdeu Bitcoin com um ataque phishing? Comente sobre esta notícia e compartilhe o arquivo através do Twitter!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá