O Ethereum é a segunda principal criptomoeda do mundo e muitos acham que está próxima de um novo bull run. Agora, ao menos algumas de suas principais métricas parecem apontar para a mesma direção.

Recentemente, o ETH voltou a atingir preço de R$ 1.300 e viu movimento de liquidação. No entanto, logo em seguida, voltou à tendência de acumulação esperando uma alta ainda maior.

Tudo aconteceu dias depois de a criptomoeda render volume recorde de lucros aos mineradores proveniente apenas de taxas. O chamado Múltiplo de Razão entre Taxas indica um ecossistema saudável e boa perspectiva de durabilidade

.

No entanto, outros fatores também levam a crer em um movimento positivo para o Ethereum. No Twitter, um executivo de uma startup imobiliária baseada em blockchain notou que muitas métricas relacionadas ao ETH estão em máximas.

David Hoffman apontou que a criptomoeda atingiu, recentemente, os maiores valores de capitalização da história em stablecoins, com US$ 8 bilhões e em DeFi, com US$ 2,2 bilhões.

Além disso, há outros US$ 186 milhões em DAI e US$ 2,1 milhões em tokens imobiliários. Somados a isso, US$ 135 milhões em Bitcoin foram movidos para ETH recentemente

Hoffman destaca ainda os US$ 700 mil em média diária de taxas, volume semanal de US$ 500 milhões do projeto Ethereum DEX e os 250 mil usuários ativos que apostam em ativos Ethereum.

Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

Quanto o Ethereum vai disparar?

A grande questão que gira em torno desses números é o possível impacto na valorização do ETH. A moeda vem de subida e tem valorizado mais que o Bitcoin. No entanto, ainda está longe da máxima histórica de mais de US$ 1.300, ou quase R$ 7 mil convertidos na cotação atual.

No entanto, há um certo consenso de que o bull run irá acontecer na esteira do Ethereum 2.0. A migração de rede que trará o stake, além da esperada escalabilidade, poderá trazer os investidores de volta.

No entanto, ainda não se sabe quando a nova fase irá ser implementada. Desenvolvedores falam que apenas em 2021, mas o co-fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, garante que a novidade chegará ainda este ano.