R$ 61 bilhões no bolso: Bitcoin renderia 29 vezes mais que os depósitos na poupança

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Brasileiro depositou R$ 84,4 líquidos na poupança no primeiro semestre

  • Dinheiro rendeu cerca de R$ 2,1 bilhões

  • Se tivesse sido usado para comprar Bitcoin, lucro chegaria a R$ 61,6 bilhões

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Banco Central divulgou, na segunda-feira (6), a entrada líquida recorde de R$ 84,4 bilhões na poupança. O mesmo valor, no entanto, teria rendido lucro 29 vezes maior se tivesse sido aplicado no Bitcoin.



Segundo o BC, a poupança tem se tornado atrativa por conta da queda da Selic. Apesar de render apenas 70% da taxa básica de juros, ela não sofre incidência de imposto de renda.

Dessa maneira, no primeiro semestre 2020, a diferença entre o que entrou e o que saiu da poupança chegou ao recorde. Apenas em junho ingressaram R$ 20,5 bilhões.



No entanto, apesar da relativa atratividade frente à renda fixa, a poupança passa longe de investimento lucrativo. Na comparação com o Bitcoin, a poupança perde em 29 vezes na rentabilidade.

Bitcoin tem melhor rentabilidade do ano no Brasil

Apesar da queda vertiginosa em março, o Bitcoin apresenta a melhor rentabilidade do ano até o momento. A criptomoeda chega a entregar o dobro do dólar, alcançando retorno de 72,99%.

Por outro lado, a poupança teve, em média, retorno de apenas 2,5% nos primeiros seis meses do ano. O valor equivale à média de 70% sobre os diferentes valores da Selic em 2020.

A taxa básica variou de 4,5% em janeiro para 4,25 m fevereiro. Em março, pulou para 3,75% e, em maio, caiu para 3%. O último ajuste do Banco Central levou a Selic à mínima histórica de 2,25%.

O cálculo da média de rentabilidade da poupança a 2,5%, vale lembrar, não leva em conta a Selic dia a dia desde 1º de janeiro. No entanto, o número não mudaria a ponto de compensar a distância de 29 vezes para os quase 73% do Bitcoin.

Ao considerar a projeção para o resto do ano, a vantagem para o Bitcoin tende a ser ainda maior. Com a manutenção da Selic a 2,25%, a rentabilidade da poupança pode chegar a apenas 1,575% em 2020. Nesse caso, a rentabilidade do BTC seria até 46 vezes maior considerando os preços atuais.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá