Real: A Pior Moeda do Mundo de 2020, Afirma Fernando Ulrich

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Queda livre: Real sem expectativas de estabilidade

  • Dólar subindo cada vez mais assusta investidores

  • Incerteza política abala crescimento econômico nacional

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Real é considerada a pior moeda do mundo de 2020.  O Real, como moeda, está quebrando vários recordes a cada dia que se passa. O problema é que esses recordes são negativos, e com o dólar subindo, as coisas só pioram.

Patrocinados



Patrocinados

Nesta segunda, o dólar futuro continuou em alta, enquanto do outro lado da moeda a cotação do mercado à vista está um pouco mais estável, porém bem distante das mínimas.

Não é a toa que operadores tem se mostrado cautelosos, ainda mais com a política nacional caminhando da forma em que está. Todos estão preocupados com os resultados que as recentes discussões e demissões vão ter na economia.

Patrocinados



Patrocinados

O real esteve na lista de piores moedas e se manteve como a que está mais perdendo diante do dólar. O governo até tentou demonstrar união para estabilizar as coisas, mas não deu muito certo aparentemente. Mas alguns economistas, como o Fernando Ulrich, já vinham avisando isso a algum tempo.

Jair Bolsonaro deu uma demonstração de união ao lado de seus ministros enquanto deixava o Palácio da Alvorada, e dentre eles estava Paulo Guedes. Bolsonaro ainda disse mais uma vez que quem manda na economia nacional é Paulo Guedes.

Com a saída de Sérgio Moro, que era considerado um superministro por muitos, levantou uma onda de temor, afinal, quem vai ser o próximo a deixar essa equipe de ministros? A suspeitas inclusive que Guedes seja o próximo.

A instabilidade de Brasília pode fragilizar ainda mais as perspectivas da economia brasileira nestes próximos meses, que já vão ser atribulados por conta do COVID-19 e da quarentena que estamos vivendo.

Banco Central Mostra a Conta Que Estamos Pagando

O Banco Central mostrou que os investidores estrangeiros estão deixando o país aos montes. As coisas estão realmente bem complicadas. Estes investidores quase não tem estímulo para voltarem para o brasil, ainda mais com os problemas que estamos enfrentando na política.

Além disso, aqui os retornos são bem menores atualmente quando comparados com outros países emergentes, e tudo isso por conta da queda Selic que está acontecendo, e que aparentemente vai cair ainda mais. Muitos analistas estão batendo o pé e afirmando que os juros não podem continuar caindo assim.

A situação é complicada e o Real está apanhando de todos os lados durante esta crise que estamos vivendo. Ou esperamos por uma virada, ou as coisas tendem a ficar apenas piores daqui para a frente.

Não é a toa que muitos estão procurando a proteção oferecida pelas criptomoedas de forma geral, não apenas no Bitcoin. Por mais que haja volatilidade, as criptomoedas ainda são mais seguras do que deixar seu dinheiro parado, e quem sabe mexer com elas ainda têm a possibilidade de lucrar bastante.

Comércio Em Baixa, Commodities Em Baixa

Com a economia chinesa em baixa, crescendo muito pouco por conta de todos os problemas que estão sendo gerados pela pandemia atual e até mesmo certa animosidade com relação ao país oriental, temos um efeito ruim na economia brasileira.

Com a baixa dos preços nas commodities, temos um efeito negativo aqui no Brasil, que especialmente é afetado por ser um país exportador de matéria-prima. Atualmente, a China é um dos principais parceiros comerciais brasileiros, sendo que quase 30% de tudo que é exportado vai para lá, com destaque para minério de ferro, soja, carne bovina e petróleo bruto.

Uma parte dessa desvalorização absurda é um movimento a nível global que está acontecendo. Várias pessoas estão querendo saber mais sobre a origem do coronavírus, e isso está afetando a economia de forma generalizada, principal as commodities.

Nesta última quinta feira, tivemos uma valorização leve, o que levou o Banco Central a realizar leilões de swaps cambiais durante o dia, colocando mais de 3 bilhões dentro do mercado. A oferta pela moeda norte americana, entretanto, teve efeito pequeno na cotação do dólar. O Banco Central, segundo analistas, está atuando não só para controlar o câmbio, mas para atingir as metas inflacionárias.

A perspectiva atual é que o BC baixou os juros novamente, o que favorece novamente um cenário onde o dólar se mantém altíssimo. Junto aos efeitos da pandemia sobre o mercado, essa escolha pode ser bem prejudicial a economia brasileira.

Dólar Não Baixa Mesmo Após Leilões do BC

Apesar dos leilões terem acontecido, a cotação do dólar se manteve a mesma, o que torna bem evidente que a moeda norte americana é um reflexo da preocupação do mercado com a pandemia, e isso não é apenas especulação financeira.

Analistas sugerem que o Banco Central deve seguir um sistema de câmbio flutuante, e que diante da situação atual, deve deixar a cotação do dólar continuar variando.

Ainda, tivemos o ministro Paulo Guedes afirmando durante um evento da Fiesp que o regime atual é sim de câmbio flutuante, e o que mudou foi o modelo econômico seguido, já que os juros são extremamente baixos. Ele ainda afirmou que não acha que existe uma fuga de capital, e mencionou novamente que o impacto da pandemia aqui no Brasil deve ser limitado.

Guedes Ainda Espera Crescimento 

O ministrou ainda bate o pé e afirma que espera um crescimento de até 2% neste ano, embora diversos bancos estejam fazendo uma revisão da projeção do PIB anual para baixo, já que a economia está desaquecida por conta dos impactos que foram causados por conta da pandemia atual. 

“Eu acho que o Brasil tem uma dinâmica própria de crescimento. É uma economia continental. Brasil, Estados Unidos, China, Índia são países grandes. Têm uma dinâmica própria.” Afirma.

Para manter-se informado, tendo a sua disposição conteúdo constante e de qualidade, não deixe de acompanhar nosso site. Aproveite e faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora