Receita adia prazo para entrega do Imposto de Renda; criptomoedas devem ser declaradas

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A Receita Federal adiou para 31 de maio o prazo de entrega do Imposto de Renda.

  • Contribuintes tem isenção de até R$ 35 mil mensais em criptomoedas.

  • Mudança ocorre devido à pandemia de Covid-19

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Receita Federal divulgou, nesta segunda-feira (12), que adiou o prazo final para a entrega da declaração de imposto de renda referente ao exercício de 2021 para o dia 31 de maio.



A decisão afeta também investidores de criptomoedas. Segundo a Receita, a alteração ocorreu devido à pandemia de Covid-19 e visa evitar que as pessoas se aglomerem nas unidades de atendimento.

Quem faz investimentos em criptomoedas só as precisa declarar no imposto de renda se o custo de aquisição for superior a R$ 5 mil, lembra a contadora Ana Paula Rabello. Em entrevista ao BeInCrypto, ela afirma:



“Entretanto, eu gosto de frisar que mesmo que você tenha menos de R$ 5 mil em criptomoedas, mas está operando e acumulando, é bom declarar. Apesar da declaração por ativo ser feita de forma separada, ao se tratar de tributação, o valor tributado é considerado na soma de ativos por CPF. Por exemplo, se você tem R$ 4 mil em Bitcoin e R$ 2 mil em Ethereum, eu recomendaria declarar.”

A contadora acrescenta que há um limite de isenção mensal de R$ 35 mil para transações em criptomoedas e que ele vale para a soma de todas as transações, mesmo se elas forem feitas em ativos diferentes.

Para a Receita, não importa se as transações foram feitas em exchanges nacionais ou internacionais e sim o valor total das transações. Movimentar os ativos não gera tributações, apenas transações cripto-cripto estão sujeitas a pagar imposto.

Rabello reitera que a Receita exige ser informada onde estão armazenadas as criptomoedas. Para isso, o contribuinte deve fornecer “nome e CNPJ do custodiante, e se carteira, qual o seu modelo, por exemplo, se é uma Legder, Trezor, etc”.

Além do imposto de renda, os prazos para Declaração Final de Espólio e da Declaração de Saída Definitiva do País também foram prorrogados para o dia 31 de maio. Em nota, o Ministério da Economia afirmou que

“As prorrogações foram promovidas como forma de suavizar as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus (Covid-19). A medida visa proteger a sociedade, evitando que sejam formadas aglomerações nas unidades de atendimento e demais estabelecimentos procurados pelos cidadãos para obter documentos ou ajuda profissional”

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista de dados. Atuo no ramo de tecnologia há quase dez anos. Escrevi para o Grupo Globo e para o jornal Gazeta do Povo. Atualmente também escrevo para o Portal UOL

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá