Receita de mineração de Ethereum (ETH) atinge novo recorde histórico em fevereiro

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A receita de mineração de Ethereum (ETH) em fevereiro bateu recorde ao ultrapassar US$ 1 bilhão.

  • Neste mês, mais da metade da receita dos mineradores vieram de taxas de transação.

  • A recente Proposta de Melhoria do Ethereum (EIP)-1559 está causando polêmica entre os mineradores.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Dados da SimilarWeb mostram que a receita de mineração de Ethereum atingiu US$ 1.37 bilhão em fevereiro pela primeira vez na história.



O valor chega a ser quase 65% maior do que os US$ 829.56 milhões ganhos pelos mineradores de ETH no mês anterior.

Fonte: SimilarWeb

Da receita total, as taxas de transação representaram quase 53%, ou seja, US$ 723 milhões. Os 47% restantes, ou US$ 644,4 milhões, vieram de recompensas por bloco minerado.



A atividade de mineração também teve um aumento de 16%, à medida que a taxa de hash da rede Ethereum continuou a crescer. Até o momento, este indicador chega a quase 420.000 gigahashes por segundo (GH/s), de acordo com a Etherscan.

A dificuldade de mineração seguiu o exemplo, superando com sucesso a máxima histórica anterior de mais de 4.600 terahashes por segundo (TH/s) no início de fevereiro. Agora ele ainda está subindo, indo para 5.400 TH/s.

Cresce a receita de mineração de ETH 

Em janeiro de 2021, as taxas de rede representavam apenas cerca de 28% de toda a receita dos mineradores. 

De acordo com a BitInfoCharts, durante esse tempo, as taxas médias de transação do Ethereum saltaram de US$ 12 em 1º de fevereiro, para US$ 38 em 23 de fevereiro. Ou seja, houve um crescimento de 217% no custo das transações na rede Ethereum.

Fonte: BitInfoCharts

Nesse contexto, o crescimento das receitas derivadas de taxas não é surpreendente. Além disso, o aumento das tarifas pode ter forçado os mineradores a vender o Ether para obter mais lucro.

No entanto, em 28 de fevereiro, as taxas de gás retrocederam e caíram para menos de US$ 12. A queda pode ter sido motivada pelo anúncio da Proposta de Melhoria do Ethereum (EIP) 3298, realizada por Vitalik Buterin.

De acordo com a postagem de Buterin no GitHub, a proposta visa remover os reembolsos de gás vinculados à função “SELFDESTRUCT” na atualização de London. Dessa forma, a demanda por tokens de gás se tornaria muito menor.

As taxas do gás continuam despencando depois que o EIP-3298 veio à público pela primeira vez no dia 26 de fevereiro. Atualmente, uma transferência de ERC-20 na rede Ethereum custa em média US$ 7.25 por transação, de acordo com Etherscan.

Fonte: etherscan.io

Além da proposta citada anteriormente, há outras melhorias em desenvolvimentos na rede Ethereum, como por exemplo o projeto EIP-1559, que visa reduzir as receitas de transações dos mineradores. 

Divulgado pela primeira vez em 2018, essa proposta se tornou a atualização do ETH 2.0 mais esperada por parte da comunidade à medida que o aumento dos preços do gás se tornou um dos principais problemas atuais da rede.

A proposta EIP-1559 para diminuir a receita de mineração de ETH?

A atualização implica na queima massiva de taxas de Ethereum, algo positivo para os detentores de ETH. Por outro lado, essa novidade acabaria diminuindo os lucros dos mineradores. 

A proposta implicaria que as taxas de gás da rede não seriam tão voláteis como foi visto durante o mês passado. Como resultado, os mineradores deixariam de recolher quantias tão grandes de custos de transação, algo que atualmente representa uma das suas principais fontes de receita.

As opiniões sobre a proposta EIP-1559 variam à medida que se discute o quanto a atualização ajudaria o Ethereum a evoluir.

Um exemplo daqueles que apoiam a atualização é o F2Pool, atualmente o terceiro maior pool de Ethereum com cerca de 11% da taxa de hash da rede. Eles são favoráveis à proposta ao afirmar que esta é uma melhoria essencial para todo o ecossistema do ETH.

Por outro lado, o Sparkpool, o maior pool de mineração da rede, com cerca de 24% da taxa de hash, se opôs à proposta. O grupo classificou a potencial “redistribuição de riqueza” como um roubo.

Apenas o tempo dirá como a proposta EIP-1559 impactará no trabalho dos mineradores de ETH. A atualização está programada para ser lançada em julho deste ano, junto com o hard fork ‘London’ do Ethereum.

À medida que as taxas de gás começaram a cair, o preço do Ethereum se recuperou ligeiramente, mostrando os impactos que as taxas de transação têm para todas as partes envolvidas na rede.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Amy was born in Malmo, Sweden. She became interested in cryptocurrency due to her husband, who was an early investor in bitcoin. Now, Amy writes for a number of crypto outlets, invests in cryptocurrencies, and spends time with her cat Buterin.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá