Recorde do Bitcoin, hack de youtuber e ‘gangorra’ da XRP são os assuntos da semana

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin rompeu os US$ 20.000 e seguiu subindo.

  • XRP corrigiu forte após snapshot de airdrop, mas voltou a valorizar com força.

  • Mais um youtuber brasileiro é alvo de hack.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A variação de preço do Bitcoin e da XRP, moeda da Ripple que tem muitos adeptos no Brasil, foi novamente o foco dos leitores nos últimos dias.



A alta histórica do preço do Bitcoin foi o principal assunto do mundo das criptomoedas na semana passada. Além disso, o hack a um grande canal do YouTube e uma gangorra pela qual passa a XRP ganharam destaque. Veja os temas que mais chamaram atenção na última semana antes do Natal.

Bitcoin rompe US$ 20.000 e se mantém em alta

O Bitcoin rompeu os US$ 20.000 nesta semana pela primeira vez na história e chegou a bater US$ 23.500. A subida vem na esteira de diversos investimentos institucionais no ativo ao longo de 2020. Além disso, o BTC ganhou um impulso final após a aprovação de um novo pacote de ajuda do governo dos EUA. Não coincidentemente, enquanto o Bitcoin subiu, o dólar voltou a perder força no mundo.



Mas, para onde o Bitcoin vai agora? Após subir forte, o BTC passou a ser negociado principalmente na região entre os US$ 22.400 e US$ 23.200. Entre analistas, ainda não se sabe o caminho que a moeda irá seguir no curto prazo – até o final do ano, é possível que bata US$ 25.000, assim como reverta para menos de US$ 20.000.

No longo prazo, no entanto, o consenso é de que o ativo tem um longo percurso de valorização pela frente.

Usuário surfa na volatilidade do Bitcoin e fatura US$ 13 milhões no day trade

O day trade é uma atividade arriscada que pode render bons frutos para os mais experientes quando o mercado está volátil. Foi o que ocorreu com diversos deles no momento de subida do Bitcoin nos últimos dias.

Segundo um ranking compilado pela Binance, um único trader faturou R$ 13 milhões em apenas um dia no mercado de futuros. Ele foi um dos que escaparam da varrida realizada por baleias após uma liquidação bilionária de Bitcoin.

Usuários correm atrás de carteiras de Bitcoin

A disparada do Bitcoin levou a moeda aos trends do Twitter e provocou uma corrida de iniciantes. Com isso, muitos começaram a procurar opções de carteiras para usar. Existem wallets de vários tipos, dependendo da necessidade de cada usuário. Elas vão desde as custodiadas por exchanges até as físicas, ideais para quem já investiu mais em criptomoedas e deseja ter a segurança de que seus ativos estão consigo mesmo e protegidos de hackers.

Gangorra de preço da XRP – será agora vai?

A XRP está no centro das atenções desde que começou a disparar no final de novembro. A moeda da Ripple subiu mais de 100% na expectativa pelo airdrop do Spark, um token que permitirá usar o ativo em contratos inteligentes, incluindo DeFi. Com o frenesi em torno do evento, muitos correram atrás da XRP para se preparar para o snapshot das exchanges. Seu preço, no entanto, despencou após a verificação.

Mas, enquanto muitos esperavam a derrocada da moeda, seu preço voltou a subir rapidamente em um novo rali. A gangorra viu a XRP ir de pouco menos de US$ 0,70 antes do airdrop para menos de US$ 0,45 depois, e de volta a US$ 0,58. O movimento veio após o recorde do Bitcoin. Segundo um analista, a moeda da Ripple caminha para bater US$ 1.

Mais um youtuber brasileiro hackeado para falso evento da Ripple

Outro assunto de destaque foi um novo hack a um youtuber brasileiro. Curiosamente, também mais um canal que fala sobre cultura pop – ou seja, nenhuma relação com Bitcoin ou criptomoedas em geral. Após o Território Nerd, foi a vez do Ei Nerd, que tem quase 11 milhões de inscritos.

O golpe parece ter sido o mesmo: inventar uma parceria para fazer a vítima instalar um vírus no próprio computador. Os hackers então tomam conta do perfil e transformam o canal em “Ripple Foundatin” para fazer lives com falsa doação de XRP como isca.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá