Retrospectiva 2019: Atlas Quantum na Globo e Saques em Bitcoin com Atraso

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Empresa experimentou sucesso e fracasso ao longo do ano que chega ao fim.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Retrospectiva 2019 do BeInCrypto relembra o ano de conquistas e derrotas para o Atlas Quantum. A empresa viu sua cartela de clientes atingir mais de 15 mil usuários que agora enfrentam saques com Bitcoin em atraso. Antes disso, até na Rede Globo o Atlas Quantum anunciou seus serviços de arbitragem com Bitcoin.



Este ano pode ser considerado um período de enorme discrepância para o Atlas Quantum. A plataforma de arbitragem em Bitcoin viu seus negócios atingirem valores estratosféricos. Rapidamente o Atlas Quantum figurou como a maior empresa de criptomoedas do Brasil.

No entanto, 2019 trouxe surpresas para o esquema que oferecia lucros a partir da compra e venda de Bitcoin. Uma notificação da CVM expôs um enorme problema do Atlas Quantum de liquidez e tem clientes que já esperam quatro meses para receber seus Bitcoins de volta.



Ano consagrou e destruiu o Atlas Quantum

O ano que chega ao fim mostra que o Atlas Quantum conseguiu atingir mais de 15 mil clientes. O feito poderia ser considerado histórico se não fosse o desdobrar desta história que parece estar longe de chegar ao fim.

Segundo a linha do tempo sobre os problemas do negócio, tudo começou com um anúncio da CVM sobre a oferta irregular da atuação do Atlas Quantum no mercado. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) entendeu que a arbitragem em Bitcoin da empresa é configurada como contratos coletivos de investimento.

O comunicado da (CVM) impedia o Atlas Quantum de publicitar suas operações com Bitcoin. Contudo, o comunicado parece ter causado um “efeito manada” em clientes da plataforma.

Milhares de saques foram solicitados e o Atlas Quantum passou a não cumprir com o prazo inicial que era de aproximadamente um dia útil. Logo após os clientes foram avisados que o prazo seria de cinco dias úteis, porém, para alguns este período já ultrapassa quatro meses.

Clientes não recebem Bitcoin

A seriedade e compromisso do Atlas Quantum foram colocadas à prova com os saques de Bitcoin em atraso. Investidores relatam que não conseguem reaver as criptomoedas presas no esquema.

Uma “Recompra de Bitcoin” criada dentro da plataforma ofereceu a criptomoeda até com 90% de deságio. Essa era uma forma de investidores conseguirem sacar parte daquilo que está retido no Atlas Quantum.

Em pouco tempo o Atlas Quantum deixou de ser uma empresa renomada que anuncia na Rede Globo para até ser acusada de “pirâmide financeira”.

O ano marcou a vida deste negócio, que vivenciou um crescimento impressionante para depois experimentar a total descredibilidade do mercado.

Em relação aos clientes do Atlas Quantum, a sensação é de esperanças perdidas. Grande parte dos usuários terminaram o ano dizendo que jamais devem recuperar aquele Bitcoin confiado no esquema de arbitragem.

Além de 15 mil clientes, este também seria o número de Bitcoin (BTC) que o Atlas Quantum possuía até então sob custódia. O montante bilionário em criptomoedas correspondia aos milhares de usuários que confiaram na empresa tudo aquilo que tinham em Bitcoin.

O que você acha da Retrospectiva 2019 do Atlas Quantum? Deixe seu comentário sobre os pagamentos de Bitcoin em atraso e compartilhe no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá