Ripple é obrigada a dizer se deu orientações jurídicas sobre XRP

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A última moção da SEC obriga a Ripple a entregar evidências de consultoria jurídica sobre vendas de XRP e se elas cumprem as leis de segurança federais.

  • Um advogado acredita que a SEC considera a defesa de Ripple uma ameaça real.

  • A ex-tesoureira dos EUA Rosie Rios se junta ao conselho de diretores da Ripple em meio ao processo.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) apresentou sua última moção contra a Ripple Labs em mais um capítulo da batalha legal que se arraste desde o ano passado.

Patrocinados



Patrocinados

Na última sexta-feira (7), o advogado James K. Filan tuitou sobre o processo da SEC contra a Ripple e confirmou que os demandantes haviam entrado com uma moção para compelir a Ripple.

Essa moção exige que os réus entreguem qualquer evidência de aconselhamento jurídico tanto procurado quanto recebido em relação às ofertas e vendas de XRP, e se essas vendas e ofertas estariam ou não em conformidade com as leis federais de segurança.

Patrocinados



Patrocinados

A moção foi feita por meio de carta à juíza Sarah Netburn. Filan, que é um ex-promotor federal, acompanhou também tuitou um link do Dropbox contendo todas as evidências vinculadas à moção.

Essa é a novidade mais recente do cabo de guerra jurídico entre a SEC e a Ripple Labs. Nas últimas semanas, o caso contou com uma série de moções, respostas e petições feitas e negadas. Uma delas incluiu uma conferência telefônica pública sobre os métodos da SEC para investigar e reter informações dos réus.

Na semana passada, os principais executivos da Ripple Labs, Brad Garlinghouse e Chris Larsen, dois dos principais nomes envolvidos no processo, entraram com moções individuais para serem excluídos da lide. A SEC, por sua vez, apresentou uma resposta a essas moções.

Garlinghouse e Larsen se negaram a responder – o documento exigido teria que ter até 60 páginas. No entanto, Filan não divulgou detalhes sobre as razões para não conceder o pedido. No Twitter, ele disse que acreditava que seria “uma explicação relativamente direta”.

Filan tem comentando bastante no Twitter sobre o processo. No entanto, ele manteve suas opiniões sobre a moção em sigilo dessa vez. Mas ele não é o único a observar o caso de perto.

John E. Deaton, sócio-gerente da The Deaton Law Firm em Rhode Island, compartilhou uma análise detalhada em resposta à mesma Moção para Compelir. Em quatro tuítes, ele afirma que a SEC considera a defesa da Ripple como “uma ameaça real”.

“A Ripple argumentou que os memorandos legais mostram apenas um conselho geral de que é possível utilizar e vender XRP de uma forma que viole […] as leis de valores mobiliários, mas, no final, conclui que a XRP em si não é um valor mobiliário…”, Deaton disse em dois desses Tweets.

“… Se o juiz vai obrigar Ripple a entregar os memorandos é uma questão legal interessante.”, completou.

Deaton está envolvido no processo SEC x Ripple desde 19 de abril, quando entrou com uma petição de intervenção. Ele representa milhares de investidores de XRP nesse caso desde o início do ano.

Ripple contrata mais pessoal

Enquanto isso, o conselho de diretores da Ripple ganhou um novo membro no início desta semana. Em 4 de maio, a ex-tesoureira dos Estados Unidos Rosie Rios foi anunciada como novo membro do conselho. Em um comunicado, ela disse:

“A Ripple é um dos melhores exemplos de como usar as criptomoedas em uma função substantiva e legítima para facilitar os pagamentos globalmente”.

Sua nomeação vem ao lado da executiva de fintechs Kristina Campbell, que ingressou na Ripple como nova Diretora Financeira.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Dale Hurst é jornalista, apresentador e romancista. Antes de ingressar na equipe do BeInCrypto, ele foi editor e jornalista sênior de uma revista de notícias, estilo de vida e interesse humano no Reino Unido.

SEGUIR O AUTOR

Previsões de cripto com o Melhor Canal de Sinais com +70% de acertos!

Entre Agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora