Ripple quer que criptomoedas parem de poluir e anuncia plano para XRP

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Ripple quer que todas as blockchains do planeta deixem de poluir o ambiente

  • Iniciativa visa zerar emissões do setor de criptomoedas

  • Empresa traçou plano e prazo para a própria rede da XRP

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Ripple quer tornar a tecnologia blockchain ecologicamente viável. Nesta quarta-feira (30), a criadora do XRP anunciou um plano para zerar emissões de carbono em 10 anos.



“O mundo está no meio de uma crise climática global, que é impossível de ignorar”, diz a empresa em comunicado.

Por meio de parceria com a Energy Labs, a Ripple quer reduzir a pegada de carbono de sua infraestrutura. A ideia é começar pela própria rede da XRP e encorajar outros projetos a fazerem o mesmo. O plano é, dessa maneira, impactar todas as blockchains do mundo.



A iniciativa vem à tona no mesmo dia em que cientistas apontam uma notícia preocupante. Conforme estudo foi divulgado pelo jornal Washington Post, geleiras da Islândia se desfazem em ritmo mais rápido dos últimos 12 mil anos.

Tendo em conta a urgência climática, a promessa é zerar emissões até 2030.

O setor de blockchain e ativos digitais desempenhará um papel crítico na construção de um futuro sustentável para as finanças globais. Nós, como indústria, precisamos nos unir para reduzir drasticamente nosso impacto ambiental coletivo à medida que a ampla adoção se estabelece.

Como comprar Bitcoin e entrar no grupo de sinais gratuito do BeInCrypto

Como a Ripple planeja zerar emissões da rede da XRP

A Ripple anunciou diversas ações para reduzir a poluição decorrente da infraestrutura de rede da XRP. A iniciativa começa por melhorar a medição das emissões e aumentar uso de energia limpa e renovável nos escritórios.

Além disso, a ideia é investir em tecnologia de remoção de carbono. Por fim, a Ripple irá colaborar com universidades em pesquisas sobre o impacto das criptomoedas no meio ambiente.

University College London (UCL) e a National University of Singapore são as duas primeiras a aderirem. Outras parcerias envolvem o Rocky Mountain Institute e a XRP Ledger Foundation, anunciada recentemente com a missão de abrir a XRP para a comunidade.

Como resultado, a Ripple planeja oferecer meios para que outros projetos possam adotar o mesmo caminho. Segundo Brad Garlinghouse, CEO da Ripple:

Está claro que as criptomoedas farão parte do sistema financeiro global no futuro – mas esse futuro depende de tomarmos medidas agora para garantir que essa tecnologia possa ser usada de forma sustentável. Hoje, a @Ripple está se comprometendo a ser neutra em carbono até 2030 E construir ferramentas para que qualquer blockchain possa usar energia renovável.

 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá