Shiba Inu (SHIB) anuncia dois novos tokens após subir 35%

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Shiba Inu passou a ser listada no Coinbase Pro.

  • Criptomoeda também anunciou novos tokens para sua plataforma DeFi.

  • Preço da SHIB subiu 35%.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O preço da Shiba Inu (SHIB) saltou 35% nesta terça-feira (15), após a criptomoeda ter sido incluída oficialmente no Coinbase Pro.

Patrocinados



Patrocinados

A SHIB era negociada por uma média de US$ 0,00000730. Com a novidade, o preço saltou para 0,00000933 em cerca de 25 minutos. Segundo o Coinmarket Cap, o valor da criptomoeda, no momento, gira em torno de 0,00000880.

De acordo com a Coinbase, os investidores já podem transferir suas SHIB para a plataforma, mas o trading dela – que foi incluída junto com as moedas Chiliz (CHZ) e Keep (KEEP) – só vai começar na quinta-feira (17) se houver liquidez suficiente.

Patrocinados



Patrocinados

A integração de cada criptomoeda deve ocorrer em fases, cuja duração será ajustada para manter o mercado saudável. Ainda não há data prevista para a inclusão delas no site da exchange ou em seu aplicativo.

ShibaSwap

No embalo da inclusão da SHIB no Coinbase, os criadores da criptomoeda anunciaram a criação de dois novos tokens, o $LEASH e o $BONE. Eles serão usados em sua própria plataforma de finanças descentralizadas (DeFi), a ShibaSwap.

Segundo o white paper do projeto, o $BONE será usado como recompensa do stake de SHIB e outras criptomoedas na plataforma. Além disso, ele também fará a governança do sistema, permitindo o voto em propostas a partir de 2022.

Já o $LEASH opera de forma similar ao SHIB, mas com oferta limitada de 107.647 tokens. Os três tokens da plataforma poderão ser negociados normalmente e usados para stake e pools de liquidez.

Preço

As notícias vieram em boa hora para a Shiba Inu. Lançada no início de abril, a criptomoeda meme valia US$ 0,00003 e pegou carona no fenômeno Dogecoin para saltar para um recorde histórico de US$ 0,000035 no dia 11 de maio. Desde então, o preço da SHIB começou um longo período de quedas, acentuado pelo crash do Bitcoin ocorrido nessa mesma época.

Ainda assim, os criadores da SHIB dobraram a aposta por acreditar no potencial da criptomoeda, que eles chamaram de “Doge killer” (“matadora da Doge”). Isto não os impediu de tomar algumas decisões polêmicas. Uma delas foi enviar uma grande quantidade de tokens SHIB para o co-fundador do Ethereum, Vitalik Buterin.

O perigo, confirme cogitava-se na época, é que o investidor liquidasse essas criptomoedas, fazendo com que o preço da SHIB despencasse ainda mais. Entretanto, ele queimou a maior parte de sua posição e doou o resto para caridade.

A ação parece ter influenciado os criadores da SHIB, que se referem ao episódio em seu white paper:

“Nós mandamos 50% da oferta TOTAL [de SHIB] para o Vitalik. Não há grandeza sem pontos fracos e a Shiba Inu deve crescer e prosperar contanto que ele não nos puxe o tapete”.

Além disso, a Shiba Inu anunciou uma parceria com a Amazon que converte parte do dinheiro das compras de clientes em doações para um instituto de resgate dos shiba inu, uma raça de cachorro considerada difícil de lidar para tutores inexperientes.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Jornalista de dados por formação, atuo no ramo de tecnologia há dez anos. Foi durante este tempo que conheci o mundo de criptomoedas, que venho acompanhando desde então. Já atuei para o grupo Globo, o jornal Gazeta do Povo de Curitiba (PR) e atualmente também escrevo para o portal UOL.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora