Site Falso da BitcoinTrade Pode Roubar Criptomoedas de Clientes Desatentos

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Domínio fake tenta se passar por exchange brasileira para roubar informações e saldos de investidores.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Um site falso da BitcoinTrade pode enganar clientes da corretora de criptomoedas brasileira. Utilizando o nome da exchange de forma criminosa, a plataforma foi criada com o intuito de roubar criptomoedas de investidores que acessarem o endereço fake.



O perigo ronda a internet e pode resultar no roubo de criptomoedas de investidores que não prestam atenção em suas transações no mercado. Vários sites falsos são criados para tentar subtrair informações sobre pessoas desavisadas.

Com estes dados em mãos, hackers facilmente conseguem acessar o saldo de criptomoedas, que depois são transferidas e ou vendidas. É assim que inúmeras pessoas já perderam seus investimentos, ao não perceberem que estavam sendo atraídas para um verdadeiro golpe.



Plataforma falsa usa nome da BitcoinTrade

A BitcoinTrade está sendo usada de forma indevida por um site malicioso. O endereço, que utiliza o nome da empresa para atrair vítimas para o golpe, possui características bem semelhantes que podem confundir os clientes da exchange.

A começar pelo endereço de registro do site, a plataforma falsa também tem o nome BitcoinTrade. No entanto, o endereço fake conta com uma palavra que não faz parte do verdadeiro site da corretora de criptomoedas do Brasil.

A diferença entre os sites não é tão perceptível, sendo que alguns desavisados podem ser vítimas do golpe. Uma dessas diferenças está no domínio verdadeiro da empresa que já está com o layout atualizado. Com a intenção de roubar criptomoedas, o negócio criminoso possui até área de login para os supostos clientes da BitcoinTrade.

Endereço fake é diferente do site da exchange brasileira

Existem algumas diferenças entre o endereço verdadeiro da BitcoinTrade e o site falso que pode estar aplicando golpes. No caso do site malicioso, o endereço utilizado é http://bitcointrade.exchange/signin.

Por outro lado, o verdadeiro site da corretora de criptomoedas brasileira não possui a palavra “exchange” no domínio. Além disso, os domínios reais que pertencem à empresa sempre terminam em “.com.br”.

Em entrevista ao BeInCrypto, a assessoria da BitcoinTrade explicou algumas diferenças sobre como identificar o verdadeiro site da exchange. Conforme revela o site falso que busca atrair clientes da verdadeira empresa para o golpe, a diferença está nos mínimos detalhes.

Muitos golpes são realizados trocando ou omitindo algumas letras do nome verdadeiro da empresa, por isto sempre valide que o endereço no seu browser é www.bitcointrade.com.br ou broker.bitcointrade.com.br.”

O acesso a domínios maliciosos pode acontecer através do famoso golpe de phishing. Criminosos enviam um e-mail para clientes em potencial do site que foi “clonado”. Com um link que redireciona para o esquema, clientes acabam fornecendo informações sensíveis para hackers.

A BitcoinTrade não é a primeira corretora de criptomoedas a ter um site fake criado em seu nome. Outras empresas que atuam no Brasil já foram alvo de algo semelhante. Recentemente foi a vez do Mercado Bitcoin ter seu nome atrelado a um golpe criado para roubar criptomoedas.

Você conhece alguém que já caiu em golpe de phishing envolvendo criptomoedas? Comente sobre o site fake da BitcoinTrade e compartilhe esta notícia com os amigos no Facebook.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá