Slack fica fora do ar e deixa milhares de usuários sem acesso à plataforma

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A plataforma de troca de mensagens Slack está totalmente fora do ar nesta segunda-feira (4).

  • Com mais de 10 milhões de usuário, a plataforma é uma ferramenta de trabalho essencial para trabalhadores do mundo inteiro.

  • A empresa ainda não descobriu o que causou a queda do sistema, nem divulgou uma previsão de retorno.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Plataforma de comunicação Slack parou de funcionar neste segunda-feira (4), deixando milhares de usuários sem acesso ao sistema de mensagens.



No primeiro dia útil de 2021, a plataforma Slack, utilizada por trabalhadores do mundo inteiro para troca de mensagens e chamadas em grupo, ficou fora do ar.

Por volta do meio-dia aqui no Brasil, os usuários não conseguiam mais logar na plataforma, enviar ou receber mensagens. Pouco tempo depois, todos os serviços da plataforma foram interrompidos. 



Até o momento, a empresa ainda não revelou a causa da queda do sistema. Em declaração sobre o assunto, a equipe do Slack afirmou que toda a equipe está empenhada em solucionar o problema. 

“Continuamos investigando problemas de conexão dos clientes e atualizamos o incidente de nossa parte para refletir sobre a  interrupção no serviço. Todas as mãos estão sendo usadas para investigar o problema. Estaremos de volta em meia hora para mantê-los informados.”

A empresa já publicou três atualizações sobre o problema, a cada meia hora, mas nenhuma nota indica qual foi o real problema que afetou o sistema do Slack. Dessa forma, não está claro a gravidade da interrupção, nem a previsão de quanto o sistema voltará a funcionar.

O Slack é uma plataforma que se tornou uma ferramenta essencial de trabalho para mais de 10 milhões de usuários do mundo inteiro, principalmente em 2020, quando muitos trabalhadores passaram a realizar suas atividades de forma remota por causa da pandemia do coronavírus

A matéria segue em desenvolvimento e trará atualizações sobre o assunto em breve.

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá