Suporte de Recompra de Bitcoin no Atlas Quantum Enfrenta Problemas

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Usuários relatam esperar mais de uma hora por atendimento da plataforma.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Atlas Quantum enfrenta problemas no suporte da recompra de Bitcoin na plataforma, segundo investidores. Usuários relatam que o atendimento pode demorar mais de uma hora, de acordo com a fila de espera.



Outro cliente do Atlas Quantum conta que esperou mais de dez minutos no telefone para ser atendido pelo suporte da empresa que opera arbitragem em Bitcoin.

A arbitragem de Bitcoin era oferecida pelo Atlas Quantum para milhares de clientes até a pouco tempo. No total, a empresa custodiou mais de 15 mil Bitcoin (BTC) neste período. Com atrasos em pagamentos e Bitcoin retidos em três exchanges internacionais, o Atlas Quantum tenta pagar em reais brasileiro os clientes em débito com a empresa.



A tentativa acontece por intermédio da modalidade conhecida como “Recompra de Bitcoin”, onde a oferta da criptomoeda acontece com um valor abaixo do mercado. Contudo, o Bitcoin somente pode ser sacado em reais brasileiro do Atlas Quantum, já que a empresa enfrenta problemas com criptomoedas “presas”.

Suporte do Atlas Quantum demora até 81 minutos

O suporte online do Atlas Quantum enfrenta problemas com a demora no atendimento de clientes. As dúvidas e solicitações do suporte são relacionadas a recompra de Bitcoin, que tem movimentado operações na empresa desde que foi anunciada no último dia (01).

Um atendimento através do chat interno do site mostra que a espera pode ser longa. Diante deste tipo de suporte, um cliente do Atlas Quantum declarou enfrentar problemas para falar com representantes da empresa.

Segundo o comentário do investidor no Facebook, haviam apenas 3 pessoas na lista de espera do chat e mais de uma hora de espera por atendimento. Portanto, o número de clientes aguardando pelo suporte não justificaria o tempo de 81 minutos para a espera do usuário que contou sobre o problema.

Sobre a alegação do usuário ter que esperar 81 minutos, outro cliente da empresa disse que já presenciou um tempo menor de atendimento. O usuário narrou que anteriormente o sistema de chat demorava entre um a dois minutos para atender cada cliente do Atlas Quantum.

“Antes trinta pessoas era caso de quinze a trinta minutos”.

Cliente espera quase dez minutos no telefone

Outro terceiro cliente do Atlas Quantum que denuncia problemas no suporte da empresa relata ter esperado quase dez minutos no telefone. A ligação para o suporte da plataforma demorou para ser atendida.

O investidor atesta ainda que espera três dias para resolver problemas com a recompra de Bitcoin da empresa. Depois de cinco horas em que a reclamação foi publicada, o mesmo investidor publicou uma mensagem relatando que conseguiu finalmente ser atendido pelo suporte do Atlas Quantum.

O usuário disse que receberá o saque em reais pela venda de Bitcoin em até três dias, após resolver o problema com o suporte. O jovem disse também que saques de Bitcoin devem permanecer sem soluções no momento, de acordo com as respostas do atendimento.

Por outro lado, o cliente do Atlas Quantum alega que os integrantes da empresa estão divididos entre cumprir com os depósitos em reais e tentar “libertar” os Bitcoins que estão “presos” em exchanges internacionais.

Conhece alguém que está enfrentando problemas com o suporte do Atlas Quantum? Comente sobre esta notícia e compartilhe o arquivo com amigos no Twitter!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá