Testes do Yuan Digital avançam na China com apoio de grandes bancos privados

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O WeBank da Tencent e o MYbank da Ant Financial foram recrutados para ajudar nos testes do yuan digital.

  • A China pode ser a primeira grande economia a ter uma CBDC.

  • A China recorreu ao caminho dos bancos privados, contrariando as especulações iniciais.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Yuan digital da China, às vezes chamado de Pagamento Eletrônico de Moeda Digital (DCEP), é talvez o projeto de moeda digital de banco central (CBDC) mais avançado feito por uma grande economia até o momento.



Nos desdobramentos mais recentes, dois bancos privados, o MyBank do Ant Group e o WeBank da Tencent, foram recrutados para participar dos testes do yuan digital.

Ambos os bancos podem ser as primeiras fintechs modernas a ter permissão para participar dos testes em andamento do yuan digital que começaram no final do ano passado.



Em breve, os usuários chineses com contas no WeBank e MyBank poderão ter um primeiro contato com a moeda através do aplicativo de carteira digital criado pelo banco central. 

Esta notícia chega apenas três semanas depois que o Ant Group supostamente chegou a um acordo com os reguladores do país para se reestruturar em uma holding financeira. Enquanto isso, a China está presenciando uma contínua repressão às fintechs e outras empresas de tecnologia.

A inclusão desses bancos privados ajudará a levar o yuan digital a uma seção maior de usuários chineses, uma vez que ambos possuem uma  participação muito forte no mercado de pagamento digital da China. 

Duopólio nos pagamentos digitais na China

Juntas, a Alipay da AntGroup e a WePay da Tencent detêm mais de 93% do crescente mercado de pagamento digital no país asiático. Aliás, o portal The Economist também chamou as companhias de duopólio, questionando possíveis abusos de poder.

Dessa forma, o movimento de incluir os principais bancos privados anulou todas as especulações do passado. Havia uma suposição de que o Banco do Povo da China queria restringir o “duopólio” no mercado de pagamentos que esses dois bancos possuem.

As duas companhias são pioneiras neste mercado de pagamentos que está vendo uma rápida expansão. Nos últimos quatro anos, o número de pessoas pagando de forma digital cresceu mais de 289%. 

Esse boom passou de 147,2 milhões de usuários em 2017 para 573,6 milhões de usuários em 2021. Além disso, a estimativa é que esse número aumente para 618 milhões de usuários até 2025, de acordo com a pesquisa do Statista.

Crescimento dos pagamentos digitais na China. Fonte: Statista

O teste do yuan digital da China começou em cinco províncias, Shenzhen, Suzhou, Xiang’an, Chengdu e futuras localizações olímpicas. Agora, no entanto, os testes estão se movendo também para as grandes cidades.

Há máquinas de venda automática na estação de metrô de Xangai que agora aceitam pagamentos digitais com tokens RMB. Dessa forma, é possível indicar que o yuan digital está atualmente em fase promocional na cidade.

Com esses rápidos desenvolvimentos, a China pode estar em posição para se tornar a primeira grande economia a ter um projeto CBDC em funcionamento. Enquanto isso, a corrida pela moeda digital cresce na Ásia e no restante do mundo.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

A opinião da equipe BeInCrypto em uma única voz.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá