‘Alegações de anos atrás para gerar cliques’, diz Tether sobre suposta investigação

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Tether (USDT) respondeu contundentemente uma notícia publicada pela Bloomberg.

  • A notícia indicou que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos está iniciando uma investigação contra executivos da empresa.

  • De acordo com a Tether, o artigo foi baseado "em fontes anônimas e alegações de anos atrás.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Tether se pronunciou oficialmente sobre as informações de uma suposta investigação realizada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ) contra executivos da empresa.

Patrocinados



Patrocinados

Por meio de um comunicado publicado na tarde desta segunda-feira (26), a Tether (USDT) respondeu contundentemente a uma publicação da Bloomberg, que informava que o DOJ estaria iniciando uma investigação para determinar se os executivos da empresa cometeram fraude bancária.

Fonte: Twitter

Através do comunicado, a Tether destaca:

Patrocinados



Patrocinados

“Hoje, a Bloomberg publicou um artigo baseado em fontes anônimas e alegações de anos atrás, evidentemente destinadas a gerar cliques. Este artigo segue um padrão de reempacotar declarações desatualizadas como ‘notícias’. Os esforços contínuos para desacreditar a Tether não vão mudar nossa determinação de permanecer um líder na comunidade”.

A Tether também disse que “mantém rotineiramente um diálogo aberto com as agências de segurança pública”, incluindo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, e que tem “orgulho do papel de líderes da indústria na promoção da cooperação entre a indústria e as autoridades governamentais nos Estados Unidos e em todo o mundo.” A empresa ainda disse estar comprometida com a tecnologia e transparência que levaram ao crescimento do negócio.

“Na Tether, os negócios continuam normalmente e continuamos focados em como melhor atender às necessidades de nossos clientes ”.

Caso Tether

De acordo com a Bloomberg, a investigação do Departamento de Justiça se concentra em eventos que ocorreram anos atrás, quando a Tether ainda estava em desenvolvimento. Os promotores federais estariam particularmente preocupados se a empresa escondeu dos bancos que as transações estavam ligadas a criptomoedas.

Segundo a publicação original, o Departamento de Justiça dos EUA enviou cartas informando as pessoas de que elas eram alvo da investigação, segundo fonte próxima ao caso.

Essas notificações parecem indicar que a decisão de iniciar uma ação judicial ou não poderá sair em breve.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Luis é um jovem venezuelano que acredita firmemente no criptoespaço como a nova economia libertadora do século XXI. Habitante da cidade de Guarenas, contribui apaixonadamente desde 2019 com a tradução e redação de notícias sobre criptomoedas. Bacharel em Educação em Ciências Naturais (Cuba, 2012) e Mestre em Educação Ambiental (Venezuela, 2018). Gosta de línguas e apoia o conceito de educação continuada e permanente.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora