Depois de cumprir sua promessa de lançar o Atari Token, cuja venda pública está marcada para 29 de outubro, o CEO da Atari, Fred Chesnais, compartilhou com o BeInCrypto suas ideias sobre o mercado.

A icônica marca de jogos Atari traz um pouco de nostalgia para muitos jogadores.  Isso porque a empresa participou da criação da cultura de jogos com seu console Atari 2600

. Alguns dos games mais famosos são Pac-Man e Ms. Pac-Man, Donkey Kong, Space Invaders e muitos outros.

A empresa também está preparando o lançamento de seu primeiro hardware em duas décadas. O BeInCrypto abordou o assunto aqui.

A Atari, no entanto, não está vivendo no passado e também anunciou a venda pública de seu Atari Token, que começará em 29 de outubro no Bitcoin.com.

O chefe da Atari, Fred Chesnais, passou algum tempo com o BeInCrypto para discutir a venda pública de tokens. Além disso, falou também sobre o papel da empresa em introduzir uma nova geração de jogadores no universo das criptomoedas.

Advertisement
Continue reading below

Fred Chesnais, CEO da Atari

Entrevista com com Fred Chesnais

BIC: Você tem alguma indicação de como está a demanda dos usuários pelo Atari Token?

Fred Chesnais: “Estamos destacando os casos de uso expansivos e trabalhando nas listagens em exchanges. Portanto, esperamos uma ótima resposta e uma ótima recepção para o token.”

BIC: Você tem planos maiores para a moeda além dos jogos da Atari?

Fred Chesnais: “Ao contrário da maioria dos tokens que foram lançados no mercado de jogos, não queremos tornar o Atari token restrito a uma única plataforma, mas sim expandir seus casos de uso o máximo possível. Acreditamos fortemente que uma marca como a Atari pode popularizar os jogos de blockchain e se tornar o símbolo de referência na indústria.

“Portanto, assinamos várias parcerias para expandir os casos de uso do Token. Também acreditamos que a grande oportunidade reside não apenas dentro dos jogos, mas também fora deles. A indústria interativa já está descentralizada de alguma forma. Você tem estúdios de jogos no Canadá, criadores de conteúdo na Ásia, testes feitos na África; e o Atari Token poderia ser usado para integrar uma força de trabalho emergente para encontrar oportunidades profissionais dentro da indústria. Esse é o futuro do trabalho.”

Stablecoin, Adoção de criptos e Estratégia Corporativa

BIC: E sobre a stablecoin do Atari citada em reportagens? Como isso será usado?

Fred Chesnais: “A moeda da Atari está em nosso roadmap e será lançada a médio prazo. Algumas experiências de jogo, especialmente aquelas de jogos com dinheiro real, são mais personalizadas para o uso de uma stablecoin do que de um token volátil. Embora o Atari Token permita direitos de governança e casos de uso mais amplos, acreditamos que ter uma estratégia de token duplo em que os jogadores podem decidir qual usar atenderá melhor as necessidades de um público maior. ”

BIC: Você espera que o Atari Token traga mais pessoas para o universo das criptomoedas?

Fred Chesnais: “Os jogos são um dos casos de uso mais viáveis para blockchain. Além disso, muitas vezes vemos tendências de jogadores sendo os primeiros a adotar a tecnologia. Por isso, definitivamente vemos o token Atari como uma forma de trazer os jogadores para o universo blockchain.”

BIC: As empresas têm comprado Bitcoin para seus próprios balanços e como ativo de reserva do tesouro. Vimos a MicroStrategy e a Square se tornarem pioneiras nessa tendência. A Atari tem planos semelhantes?

Fred Chesnais: “Por ser uma empresa listada, você tem que cuidar do patrimônio da empresa. Esse não é o seu dinheiro. Eu entendo a razão de uma empresa comprar criptomoedas ao considerar um longo período de tempo e presumir que você não precisa do dinheiro. Para a Atari, acredito que podemos reinvestir o caixa em nosso próprio negócio para fazê-lo crescer e superar o desempenho do mercado de criptomoedas. Isso tem tudo a ver com o retorno do investimento.

“Obrigado pelo seu tempo!”